11/08/2021

Empresário morto dentro de carro tinha ligação com jogos de azar, diz delegado Baretta

Foto: Roberta Aline

O coordenador do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), delegado Francisco Baretta, afirmou hoje (11) que o assassinato do empresário José Soares de Assunção, na tarde de ontem (10) na zona leste de Teresina, foi premeditado. Segundo as investigações, o autor dos disparos já tinha informações detalhadas sobre a vítima, alvejada dentro do próprio carro.

"O matador tinha algumas informações. Ele também deixou muitas informações no local do crime, e essas informações estão sendo analisadas pela equipe de investigação de segmento", informou o delegado.

Ainda de acordo com as investigações, José Soares de Assunção era envolvido com jogos de azar e jogo do bicho. O DHPP trabalha para apurar se o crime teve alguma relação direta com a pratica.

"A vítima, segundo consta, trabalhou com construção civil e atualmente mexia com jogo de azar, tinha um bingo e também mexia com jogo do bicho. Ele tava com o projeto de uma raspadinha. Vamos verificar qual o vetor que levou à motivação da morte dele. Evidentemente, que não temos dúvidas, que, pelas informações e com as técnicas de investigação que vamos utilizar, chegaremos a autoria material do crime e também se houve um mandante, vamos ver quem é", destacou Baretta.

O empresário identificado como José Soares de Assunção, de 54 anos, foi morto a tiros dentro de um carro, na zona Leste de Teresina. O crime aconteceu por volta das 17h desta quarta-feira (10), na rua senador Joaquim Pires, no bairro Ininga.

Natanael Souza
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing