23/07/2021

Homem é condenado a 18 anos de prisão por matar desafeto a tiros em Parnaíba


O Ministério Público do Estado do Piauí, representado pelo promotor de Justiça João Malato Neto, obteve a condenação do réu Luan Pereira Azevedo, a uma pena de 18 anos de reclusão em regime fechado, em julgamento realizado na Comarca de Parnaíba.

Luan Pereira Azevedo foi julgado pelo crime de homicídio qualificado, por motivo fútil, com emprego de meio cruel e utilizando-se do recurso que impossibilitou a defesa da vítima (artigo 121, §2º, II, III e IV do Código Penal). O crime ocorreu em 24 de abril de 2016, por volta das 15h30, no cruzamento das Ruas Paraná e Baixinha, bairro Bebedouro, município de Parnaíba. Na ocasião, o acusado participou do assassinato de Francisco Wellington Portela Nascimento.

Consta dos autos que o réu e a vítima tiveram uma discussão. Em seguida, Luan armado com um revólver calibre 32 abordou Francisco e disparou cinco disparos, à curta distância, acertando-o nas costas e na coxa, causando-lhe as lesões que lhe determinaram a sua morte.

“Este crime à época dos fatos causou grande repercussão na sociedade de Parnaíba/PI, onde a população clamava por justiça em virtude da violência e da covardia do crime cometido”, pontua o promotor de Justiça João Malato.
 Divulgação / MP-PI
Divulgação / MP-PI

Fonte: MP-PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing