30/05/2021

Ossada humana é encontrada na mata onde assaltantes do Banco de Miguel Alves se esconderam


Uma ossada humana foi encontrada em uma mata na localidade São José dos Manos, zona rural de Miguel Alves, limite com o Município de União. São José dos Manos fica ao lado da localidade São Romão, já do lado de União, onde os suspeitos de assaltarem o Banco do Brasil de Miguel Alves passaram quase um mês escondidos e sendo perseguidos pela polícia. As informações são do Clique União.

Segundo um Major da Polícia Militar de Miguel Alves, as vestimentas encontradas no local indicam que os restos mortais, aparentemente, seja de uma pessoa do sexo masculino. Ainda segundo o Major, não há notícia de sumiço de nenhum morador da região nos últimos tempos, o que reforça a hipótese de que se trate de um dos envolvidos no assalto ao Banco. O material encontrado foi levado para perícia na capital Teresina.

O local onde a ossada foi encontrada fica na mesma região onde um dos assaltantes foi morto em confronto com a Polícia e de onde outro assaltante, dias depois, rendeu um proprietário de terra na localidade e fugiu no carro da vítima. Ele foi preso já no município de José de Freitas.

O assalto ao Banco do Brasil de Miguel Alves aconteceu na madrugada do dia 04 de outubro de 2020. A Polícia perseguiu os bandidos até o dia 27 de outubro. Durante as buscas, morreram um suspeito e dois inocentes. Até agora, quatros suspeitos foram presos e dois seguem sendo procurados.

Fonte: Portal 180

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing