04/12/2020

Técnico de radiologia do HGV foi assassinado por dívida com pistoleiros, diz MP-PI

Vítima do crime

O técnico de radiologia do Hospital Getúlio Vargas Kleiton Ângelo Guedes Assunção Martins, assassinado a tiros em dezembro de 2019 em Teresina, teria sido executado por uma dívida com pistoleiros.

Segundo denúncia feito pelo Ministério Público do Piauí, o jovem de 25 anos teria contratado uma dupla para matar uma pessoa, mas teria desistido, causando indignação nos pistoleiros.

Os acusados do crime, Juniel Sousa Silva Lima e Antônio Paulo de Oliveira, estão presos e eles teriam atraído a vítima para um local na Taboca do Pau Ferrado, zona rural de Teresina, com a desculpa da venda de um colar de ouro. Lá a dupla executou Kleiton com nove tiros.

Antes do crime, o jovem havia pedido R$ 1 mil para um primo e estava muito nervoso quando foi pegar o dinheiro no estacionamento de um supermercado.

Segundo a denúncia, Kleiton iria contratar a dupla por R$ 6 mil, mas acabou desistindo.

Juniel e Antônio aguardam julgamento.

Fonte: Portal 180

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing