11/12/2020

PI: réu é condenado a 17 anos de prisão por tentar matar ex companheira com 3 tiros

Fotos: Roberta Aline/Cidadeverde.com

O Tribunal de Júri condenou a 17 anos de prisão, o réu Lázaro Pereira de Carvalho Filho, acusado de tentar matar a ex-companheira, Ingridy Maria de Sousa Silva. Ela foi atingida com 3 tiros quando passava de moto na rua Visconde da Parnaíba, no dia 26 de março de 2019. A pena deve ser cumprida em regime fechado.

Segundo o promotor de Justiça, João Malato Neto, o crime foi motivado por ciúmes. 

“Consta dos autos, que o condenado, munido pelo sentimento exacerbado de ciúmes que nutria pela sua companheira, inconformado com a separação do casal, ao avistá-la em uma motocicleta, ficou encolerizado e, em seguida, abordou-a, derrubando-a do veículo automotor, efetuando seis disparos com um revólver calibre “38”, sendo que três destes acertaram-na no braço esquerdo e no tórax, causando-lhe as lesões que quase lhe determinaram a sua morte”, informou o promotor.

Ainda de acordo com o promotor, Lázaro foi levado a julgamento pela prática do crime de tentativa de homicídio qualificado por motivo fútil, utilizando-se de recurso que impossibilitou a defesa e por razões da condição de sexo feminino.

“Este crime à época dos fatos causou grande repercussão na sociedade de Teresina, onde a população clamava por justiça em virtude da violência e da covardia do crime cometido”, lembra Malato.

O crime aconteceu nas proximidades do Ibama, no bairro Ininga, zona Leste de Teresina.

Hérlon Moraes
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing