10/12/2020

PI: Polícia Civil investiga desparecimento de bebê


A Polícia Civil do Piauí está investigando o desaparecimento de um bebê na cidade de Palmeirais, distante 126 Km de Teresina. 

O bebê nasceu em outubro deste ano e a mãe resolveu que iria entregá-lo a uma outra família, para adoção legal. No entanto, uma vereadora da cidade teria dito a moça que uma prima tinha interesse em ficar com a criança.

A mãe deu o filho para a prima da vereadora, mas dias depois se arrependeu e soube que a criança havia desaparecido.


O caso está sendo investigado pela Polícia, que já colheu depoimento da vereadora e uma outra pessoa suspeita de participar da adoção ilegal.

A Polícia investiga, ainda, quem é o responsável pelo desparecimento do bebê.

A promotora de Justiça Silvia Reis, do Centro de Apoio Operacional de Defesa da infância e Juventude do Ministério Público, explica que o processo de adoção deve ser feito de forma legal e segura. “A gestante ou mãe que deseja entregar seu filho recém-nascido para adoção tem esse direito garantido em lei desde 2017. Isso veio para acabar com aqueles abandonos clandestinos onde as crianças eram deixadas, por exemplo, em latas de lixo. Mas é um entrega legal. A gestante não pode decidir entregar a criança para um vizinho, para alguém que gosta na cidade. Essa entrega é destinada pela justiça da infância e juventude para alguém que está no cadastro nacional de adotantes” ,esclarece a promotora. 

Izabella Pimentel
Com informações do Jornal do Piauí
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing