18/11/2020

Polícia finaliza inquérito sobre mortes de sete filhotes de cães no Piauí

Reprodução

A Polícia Civil do Piauí, por meio da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente, concluiu o Inquérito Policial de biocidio contra 7 filhotes que foram expostos ao sol, em que a autora do fato foi indiciada pelo crime previsto no Art. 32§1º-A c/c com o art. 32§2º da Lei de Crimes Ambientais.

O laudo cadavérico elaborado pelos veterinários do Centro de Zoonoses de Teresina apontou como causa da morte o colapso cardiorrespiratório, associado às lesões macroscópicas (lesão corporal provocada por agente físico (calor), evidenciado pela presença de bolhas eritrematosas rompidas, na epiderme). Assim, a equipe de peritos veterinários sugeriram como causa da morte base do óbito a hipertermia por calor externo. A autora do crime de biocídio continua presa.

A DPMA também concluiu o Inquérito Policial em relação a Cadela LUA, onde a tutora e protetora de Animais apontou como autora do crime a sua vizinha. Durante as investigações, a Polícia Civil se utilizou de todos meios permitidos pela justiça.

O laudo dos materiais apreendidos na residência da suposta Autora do Fato, bem como o material colhido do estômago da cadela Lua não foi detectado substância tóxica com potencial de letalidade, ou seja, concluiu-se a causa da morte não ocorreu por envenenamento. Assim, o Inquérito Policial será encaminhado a Justiça, sem indiciamento.

Fonte: Portal 180

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing