07/10/2020

Cachorro é esfaqueado pelo próprio dono no Piauí

Força Tática de Valença do Piauí prendeu o homem em flagrante por maus tratos aos animais.

Crédito: Reprodução/ Força Tática

Um homem identificado apenas pelas iniciais L.F.S, foi preso pelos Policiais Militares da Força Tática de Valença na noite desta terça-feira (06), após agredir o seu cachorro com um facão. O caso foi denunciado pela Associação de Proteção dos Animais da cidade. O animal ficou gravemente ferido. As informações são do Canal 121. 

A Força Tática foi informada da localização do acusado, que foi preso no conjunto Raul Alencar. O animal também foi resgatado no local. Ele foi preso em flagrante e apresentado na delegacia de Valença para autuação por crime ambiental, e poderá ser condenado a uma pena de 02 a 05 anos de reclusão, nos termos da recente alteração legislativa trazida pela lei 14.064/2020 (crimes de maus tratos contra cães e gatos).

O animal foi socorrido gravemente ferido. Ele recebeu atendimento veterinário gratuito em um Pet Shop da cidade, onde se recupera da lesão e posteriormente será encaminhado para adoção. Algumas imagens abaixo precisaram ser borradas por apresentar conteúdo forte.

Maior pena para maus tratos a animais
A prática de abuso e maus tratos a animais será punida com pena de reclusão de dois a cinco anos, além de multa e a proibição de guarda. Atualmente, o crime de maus-tratos a animais consta no artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais 9.605/98 e a pena prévia de três meses a um ano de reclusão, além de multa. A lei sancionada na terça-feira (29) pela presidente Jair Bolsonaro também prevê punição a estabelecimentos comerciais e rurais que facilitarem o crime contra animais.

Fonte: Portal Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing