09/09/2020

Gaeco cumpre mandado de busca e apreensão na casa do prefeito de Amarante, no Piauí

Ao todo, foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão em diversos lugares. De acordo com o Gaeco, a investigação visa desarticular um esquema de desvios de recursos públicos.

Mandado de busca e apreensão é cumprido em Amarante, no Piauí — Foto: Divulgação/Polícia Civil do Piauí

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), do Ministério Público do Piauí (MP-PI), cumpre, na manhã desta quarta-feira (9), mandado de busca e apreensão na casa do prefeito de Amarante, Diego Teixeira (PP). Segundo o órgão, está sendo investigado um esquema de desvios de recursos públicos das áreas de educação e infraestrutura.

Procurada, a assessoria do prefeito comunicou que o gestor recebeu com surpresa a operação e afirmou que ele está totalmente disposto a colaborar com as investigações, que "mostrarão que as denúncias são inconsistentes".

De acordo com o MP, ao todo foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão, sendo quatro em Amarante, sete em Teresina, um em Campo Maior e um em Valença do Piauí.

As ações são parte da Operação Cartão Vermelho, que tem parceria com o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI) e as Polícias Civil e Militar do Piauí.

Além da residência do prefeito de Amarante, foram cumpridos mandados na casa do secretário de finanças da cidade, em uma construtora e na casa do proprietário desta, também no município.

Na capital, os mandados foram efetuados em um escritório de advocacia e em empresas de dedetização e de operação de cartão de crédito.

Em Campo Maior, o mandado foi cumprido em uma empresa de fachada e em Valença a ação ocorreu em uma chácara.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing