24/08/2020

Chegada de novas empresas eleva importância do polo industrial de Parnaíba


A instalação de seis novas empresas em 2020 vai aumentar a importância do Distrito Industrial de Parnaíba na economia. Com investimentos de R$ 3 milhões na construção das fábricas, os novos empreendimentos, somados aos quatro já existentes, aumentarão a participação do polo industrial para 3% do PIB da cidade.

Entre as que já estão em obras, a que mais chama a atenção é a estrangeira Aqua Dynamics, principal fabricante de equipamentos de esportes de ação do mundo, com sede do Sri Lanka, na Ásia. Em Parnaíba, a empresa produzirá pipas de kitesurf e produtos afins, como paragliders e pranchas de surf.

Embora a instalação completa da fábrica só esteja concluída em cinco anos, a Aqua já prevê produção na primeira fase se implantação (2020/2021). A intenção da empresapempresa é em produzir em torno de 3.500 equipamentos somente de kitesurf, segundo informou o site do Governo do Piauí.

A escolha do Piauí para a implantação da fábrica se deu graças às potencialidades que o estado possui e que atenderam aos requisitos propostos pela empresa.

“A empresa exportará exclusivamente para a América Latina e para os Estados Unidos. Essa indústria representa 48% do mercado mundial de kit surfe, fabricando as melhores marcas do mundo no ramo”, explica o secretário de Projetos Especiais e Desenvolvimento Econômico de Parnaíba, Edrivandro Barros.

Outra fábrica que está se instalando no Distrito Industrial é a Vipavi – Indústria de pisos e tijolos ecológicos. Já atuando em Parnaíba há 20 anos, a empresa precisava se mudar devido a problemas com a vizinhança no antigo local, devido ao barulho provocado pelas máquinas. Com a mudança, a expectativa do proprietário, Evandro Linhares, é triplicar a produção. “Além de ter espaço para estocagem, a área é exclusiva para indústria, não tem vizinhos para serem incomodados ou outros aspectos que possam atrapalhar a produção”, afirma o empresário.

O empresário Evandro Linhares e o secretário do Município, Edrivandro Barros 

Das seis novas empresas em instalação, quatro já iniciaram as obras e as outras duas vão iniciar a construção em setembro e outubro. Uma das exigências do Município é que as fábricas instaladas no local tenham 80% de sua mão-de-obra entre a população parnaibana, além de que todo o material usado pelas empresas seja comprado em Parnaíba. A previsão é que as seis novas indústrias gerem cerca de 300 empregos.

Fonte: PI Negócios

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing