24/07/2020

PI: mulher é presa pela segunda vez suspeita de golpes pela internet e assaltos

Segundo a Delegacia de Repressão a Crimes de Informática, dessa vez a mulher tentou aplicar um golpe e ainda utilizou um adolescente para assaltar a vítima.

Polícia Civil recuperou pertences de vítimas na Operação Péssimo Negócio II — Foto: Divulgação PC/PI

Evitha Kelly Silva Benício foi presa em Teresina pela segunda vez, nesta sexta-feira (24), na operação Péssimo Negócio II. Segundo a Polícia Civil do Piauí, a mulher já havia sido presa na primeira etapa da operação e é suspeita de estelionato e roubo. O delegado Anchieta Nery, titular da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática, informou que a mulher é suspeita de atrair vítimas com o golpe do “falso comprovante” e em seguida assaltar as pessoas.

“Nós prendemos ela no fim do ano passado, ela foi solta logo no início da pandemia e depois voltou a cometer crimes, dessa vez crimes violentos. A delegacia já investigava essa associação criminosa e conseguiu recuperar diversos bens e prender dois adultos e um adolescente, além de tirar duas armas de fogo de circulação”, explicou o delegado.

Segundo ele, diferente da primeira vez em que foi presa, nesta semana a mulher utilizou ainda um adolescente para realizar um assalto. Na primeira vez em que foi presa, ela era suspeita apenas de estelionato.

“O principal modo de agir é o estelionato, eles fazem compras em plataformas na internet, comprando eletrônicos de alto valor e ela mandava um motorista de aplicativo retirar o objeto, enviando um comprovante falso de pagamento. Dessa vez, como ela já queria fugir da cidade, ela precisava de dinheiro rápido e atraiu uma vítima para o que chamamos de ‘cheiro do queijo’, e colocou um assaltante para fazer o roubo”, descreveu Anchieta Nery.

Ele disse que a vítima era um vendedor de celulares que teve seus pertences roubados, mas que já foram recuperados. O roubo teria acontecido próximo à delegacia. Várias outras vítimas, segundo a Polícia Civil, já haviam denunciado o grupo por crimes semelhantes. Dentre os objetos recuperados pelos policiais está uma bicicleta avaliada em R$ 30 mil.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing