21/06/2020

Visitas virtuais dão alento e conforto a pacientes em tratamento Covid-19 no Hospital de Campanha de Parnaíba


As visitas virtuais de familiares a pacientes internados para tratamento Covid-19 no Hospital de Campanha de Parnaíba, Nossa Senhora de Fátima, fazem parte das ações de humanização no centro de saúde, que foi reformado e estruturado pelo Prefeito Francisco de Assis Moraes Souza, Mão Santa, para atendimento a casos intermediários e graves de Coronavírus no município. O contato remoto, feito por tablets conectados à internet, permite a interação afetiva entre pacientes e seus familiares, o que gera resultados positivos no processo de recuperação da doença.


A Diretora Técnica do Hospital de Campanha de Parnaíba, Nossa Senhora de Fátima, Daniela Machado Bezerra, informa que as visitas presenciais estão proibidas por conta do alto risco de contágio da doença. “As visitas virtuais ocorrem diariamente, para que familiares acompanhem a evolução do tratamento e as melhoras no quadro clinico dos pacientes. Filhos, netos, irmãs e outros parentes acompanham como os pacientes estão no momento da visita virtual e dão palavras de apoio e carinho, que geram impactos positivos para os pacientes”, destaca.


O tratamento de Covid-19 não causa apenas um forte dano físico, mas também emocional. “As visitas virtuais diárias são importantes para que cada paciente sinta que seus parentes estão próximos, em conversas e emitindo boas energias. Todo esse processo de diálogo e visualização de familiares, através de contato via tablets, ajudam positivamente na recuperação dos pacientes. Muitos deles têm idade avançada e muita dependência emocional de filhos, netos e demais parentes. Ver, ouvir e conversar com os familiares são momentos de muita emoção para os que estão temporariamente acamados em tratamento”, comentou.


A Assistente Social, Daniela Araújo, que trabalha no Hospital de Campanha de Parnaíba, disse que as visitas virtuais também são uma forma de os pacientes falarem para suas famílias que estão bem. O psicólogo Jader Montenegro ajuda no trabalho junto aos internados de Covid-19. “Esses encontros remotos ajudam a diminuir o sofrimento dos internados e a ansiedade por conta do tratamento, evitando que surjam quadros de transtornos depressivos. O isolamento hospitalar é absolutamente necessário, pois não tem como fazer de outra forma, em função da alta infectividade desse vírus”, relatou.

Jornal da Parnaíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing