04/04/2020

Artistas homenageiam Paulynho Paixão: 'uma máquina de fazer música'

O piauiense, que morreu em um acidente de moto na madrugada de hoje, compôs mais de duas mil músicas ao longo de mais de 15 anos de carreira.

Xand Avião fez homenagem a Paulynho Paixão — Foto: Reprodução/Instagram

Diversos artistas prestaram homenagens em suas redes sociais, nesta sexta-feira (3), ao cantor Paulynho Paixão. O piauiense, que morreu em um acidente de moto na madrugada de hoje, compôs mais de duas mil músicas ao longo de mais de 15 anos de carreira, que foram gravadas por famosos como Xand Avião, Simone e Simária e Léo Magalhães.

Xand Avião gravou stories em seu Instagram e fez elogios ao cantor. Ele desejeu ainda paz e conforto à família de Paulynho Paixão.

"Infelizmente hoje não recebi uma notícia boa, morreu um dos maiores compositores já tive o prazer de conhecer, sou super fã. A última música dele que gravei dele, foi um sucesso nacional, 'Nota 10'. Mas uma fatalidade aconteceu hoje pela manhã, acordei com essa notícia. Que Deus conforte a família, que leve ele a um bom lugar. A gente nunca espera, a vida tem dessas. Ele foi, mas as músicas dele vão tocar muito ainda. O cara era uma máquina de fazer música, tinha um jeito de compor diferente de tudo que eu já vi, tinha melodia própria", disse o cantor.

Iohannes também publicou uma homenagem ao piauiense.

Em seu instagram, Léo Magalhãoes, que tem diversos sucessos gravados de composição de Paulynho Paixão, também fez sua homenam.

"Você fez grandes obras aqui na terra que serão eternizadas em forma de canção nos corações apaixonados dos fãs apaixonados por sua música, inclusive eu!"

Dois acidentes

Paulynho Paixão é conhecido por sua músicas com letras românticas ligadas especialmente ao ritmo brega. — Foto: Divulgação

Paulynho Paixão morreu em um grave acidente na madrugada desta sexta-feira (3). Ele sofreu um acidente de carro por volta das 22h de quinta-feira (2) e saiu ileso, chegando a gravar um vídeo no local. Ele resolveu retornar até o carro, de moto, aproximadamente à 00h30, mas caiu e morreu devido aos ferimentos.

O corpo de Paulynho Paixão foi velado rapidamente pela família. Um vídeo compartilhado nas redes sociais mostra o caixão sendo levado por um carro que toca a música "Deus vai me guiar", uma das composições de Paulynho.

Segundo o irmão de Paulynho Paixão, Francisco da Cruz, por conta da prevenção contra a disseminação do novo coronavírus, o velório do cantor durou apenas cerca de três horas, e aconteceu na casa da família de Paulynho.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing