16/11/2019

Vigia vítima de latrocínio é baleado e morre em Parnaíba


Sem tréguas, a violência urbana continua fazendo vítimas em Parnaíba. Um caso de latrocínio (roubo seguido de morte) vitimou o vigia Antônio Delfino Pereira, de 58 anos, que foi atingido por dois disparos de arma de fogo, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que foi acionado pela Polícia Militar após receber a denúncia de que o homem havia sido baleado e estava agonizando em uma calçada, na Avenida Armando Cajubá, bairro Santa Luzia em Parnaíba.

A vítima trabalhava como vigia em um canteiro de obras, a esposa da vitima que não teve seu nome revelado presenciou o crime. “um homem moreno alto, chegou de bicicleta e só disse que era um assalto e iria acontecer um latrocínio”. Atirou no meu esposo, pegou a arma dele e fugiu.


A arma do vigia um revolver calibre 38 foi levada pelo homicida, diante das informações repassadas pela esposa da vitima, a polícia acredita que a intenção do atirador era matar o vigia e levar a arma. Antônio foi surpreendido enquanto jantava na companhia da esposa e de um amigo.


O Instituto de Medicina Legal (IML) recolheu o corpo do vigia. O caso será investigado pela Delegacia de Combate ao Homicídio, Tráfico de Drogas e Latrocínio (DHTL).


Fonte: Click Parnaíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing