21/11/2019

PI: Presos suspeitos de tentar emitir RG com documentos falsos para fazer empréstimos fraudulentos

Os suspeitos foram autuados por associação criminosa, falsificação de documento público e uso de documento público.

Quatros suspeitos são presos ao tentar emitir identidades com documentos falsos — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Quatro homens foram presos, na tarde desta quarta-feira (20) em Teresina, no momento em que tentavam emitir carteira de identidade com documentos falsos. Segundo o delegado Tales Gomes, coordenador do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), os suspeitos usariam as cédulas para efetuar empréstimos bancários fraudulentos.

Os suspeitos foram autuados por associação criminosa, falsificação de documento público e uso de documento público. As prisões ocorreram após funcionários do Instituto de Identificação do Piauí constar a tentativa de emissão de cédula de identidade a partir de certidões de nascimento falsas.

"Um deles tentou emitir uma cédula de identidade usando uma certidão de nascimento falsa no Instituto de Identificação. A partir da prisão dele se chegou a um hotel, em frente a Rodoviária de Teresina, onde estava mais três pessoas hospedadas com documentos falsos, que também iriam criar as carteiras de identidade", explicou o delegado Tales Gomes.

Suspeitos usariam identidades para fazer empréstimos fraudulentos — Foto: Rafaela Leal/G1 PI

Foram presos Romário Alves Pinto, Diego Dias Siebre, Lucas Francisco Martins e Nickerson Olavo Marques Barbosa. Os dois primeiros são oriundos de Goiás e os demais de Mato Grosso. De acordo com o delegado, dois dos suspeitos têm processos criminais, um por tráfico e outro com mandado de prisão em aberto no estado de Tocantins por falsificação de documento.

De acordo com o delegado, o grupo estava desde a semana passada no Piauí, a fim de conseguir cédulas de identidade. "Elas seriam usadas em seus estados para práticas de fraudes bancárias, emissão de cartão de crédito, empréstimos. Os dados apresentados pelos suspeitos são fictícios, não existem e foram criados a partir dos nomes dos próprios suspeitos", revelou.

Após a lavratura do auto de prisão em flagrante, os suspeitos serão encaminhados ao sistema prisional.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing