11/09/2019

Criança baleada na cabeça no Piauí tem suspeita de morte cerebral e HUT inicia protocolo

A assessoria do Hospital de Urgência de Teresina (HUT) informou que o procedimento foi aberto e que a equipe aguarda a realização de um exame para determinar o resultado.

Bebê continua internado na Urgência Infantil do HUT, em Teresina — Foto: Catarina Costa/G1

O Hospital de Urgência de Teresina (HUT) iniciou o protocolo de morte encefálica da criança de um ano e quatro meses de idade baleada na cabeça durante a execução do pai. A assessoria da unidade de saúde informou ao G1, nesta terça-feira (10), que o procedimento foi aberto no domingo (8) e que a equipe aguarda a realização de um exame para determinar o resultado.

O bebê deu entrada no HUT em estado gravíssimo após ser baleado na noite de quarta-feira (4), no bairro Bela Vista, Zona Sul da capital. A criança estava com o pai, Darle da Silva Leite, 30 anos, e a mãe Joyce Cleia Pereira da Silva, em uma moto quando um carro parou ao lado da família e dois homens atiraram.

Bebê de aproximadamente um ano foi baleada na cabeça em Teresina — Foto: Reprodução

Pelo menos oito disparos atingiram o pai da criança. A mãe foi baleada em um dos braços e a criança foi baleada na cabeça. De acordo com o HUT, o protocolo de morte encefálica é composto por duas avaliações clínicas neurológicas e um exame de imagem. Os dois exames clínicos já foram realizados.

O exame de imagem aguarda que o estado de saúde da criança seja estável, sem variações na temperatura e pressão arterial. O hospital comunicou que não há prazo para encerramento do protocolo, a equipe aguarda que o paciente apresente estado clínico favorável para encerrar o protocolo e chegar a uma conclusão.


Imagens de uma câmera de segurança mostram o momento em que a família foi baleada. As imagens mostram as vítimas em uma moto, quando um carro para ao lado e dois homens atiram contra elas.

No vídeo, os tiros podem ser identificados pelos clarões. A polícia ainda não identificou suspeitos do crime. No local os policiais apreenderam cerca de R$ 3 mil em dinheiro, além dos celulares das vítimas e os cartuchos das balas que atingiram a família.

Confira a nota do HUT:

O HUT comunica que foi aberto dia 08 de setembro o Protocolo de Morte da criança D Y S L de 1 ano e quatro meses de idade. O protocolo, conforme a resolução n° 1.400, de 08 de agosto de 1997, do Conselho Federal de Medicina (CFM), é composto por duas avaliações clínicas neurológicas e um exame de imagem. Para que todas essas etapas sejam cumpridas com segurança o paciente tem que está com seu quadro de saúde estável. Como por exemplo, temperatura e pressão arterial, sem variações. Os dois exames clínicos já foram realizados. O exame de imagem será feito assim que a criança apresentar estado clínico favorável. O não cumprimento desses cuidados pode comprometer o resultado final dos exames.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing