24/08/2019

Casal acusado de torturar e matar homem durante confraternização é preso no Piauí


O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em parceria com a Delegacia de Polícia Civil e o Grupamento da Polícia Militar do município de Elesbão Veloso, deram cumprimento na tarde desta sexta-feira (23/08), aos mandados de prisão preventivas em face de Reissan Goveia da Silva, vulgo Sandro, e a sua companheira Josilene Raquel da Silva, conhecida Neném, apontados como autores do latrocínio contra a vítima João Luiz Moreira de Oliveira, crime ocorrido no dia 15 de março de 2019, no bairro Redonda, Zona Sudeste de Teresina.


O DHPP é dirigido pelo delegado Baretta, e o cumprimento dos mandados foram realizados através da equipe C, sob o comando do delegado Jarbas Lima.

Sobre o crime
A vítima estava em sua casa, onde residia sozinha, quando na noite do fato promoveu uma pequena confraternização em sua residência na companhia de quatro indivíduos, dentre eles estavam o casal Reissan e Josilene.

Em certo momento, os quatro indivíduos desferiram garrafadas na cabeça da vítima e o amarraram na cama de seu quarto, e em seguida roubaram vários objetos de sua residência. Infelizmente, devido aos ferimentos, a vítima teve um edema cerebral em virtude de uma hemorragia intracraniana que o levou a óbito.

Cumprimento dos mandados
Após levantamentos, a equipe de investigação descobriu que o casal Reissan e Josilene poderia estar na região de Elesbão Veloso, momento em que repassou tais informações para os investigadores do Distrito Policial daquele município, que prontamente diligenciaram para localizar os alvos, sendo que na tarde de hoje os investigadores em companhia dos policiais militares efetuaram a prisão do casal nas margens da BR-316, quando estes vendiam espigas de milho.

Os dois serão transferidos para Teresina na segunda-feira, onde serão interrogados. O inquérito já foi finalizado há dois meses, estava faltando apenas prender os criminosos. Ainda faltam dois serem presos. Todos os autores são moradores de rua, o que traz certa dificuldade em localizá-los.

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa disponibiliza o número 181 para denúncias anônimas.

Fonte: 180

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing