26/06/2019

Recuperação asfáltica: Em audiência no Fórum Prefeitura e Agespisa entram em acordo


Na presença da Juíza da 4ª vara da Comarca de Parnaíba, Zelvânia Márcia Batista, foi realizada na manhã de hoje (26), no Fórum Salmon Lustosa, uma audiência pública entre representantes da Prefeitura Municipal de Parnaíba e da Agespisa – Águas e Esgotos do Piauí S/A, com o objetivo de firmarem o acordo em que a Agespisa se compromete, num prazo de 6 meses, a iniciar a execução de um projeto de recuperação de toda a massa asfáltica por ela danificada em diversas ruas e avenidas da cidade, comprometendo-se, igualmente, a assim proceder permanentemente a partir do início do cumprimento do citado acordo.


Na reunião a prefeitura foi representada pelo presidente da ASERPA (Agência Parnaibana de Regulação de Serviços Públicos), advogado Lisandro Ayres e pelo advogado da Procuradoria-Geral do Município, Amaury Mendonça. A Agespisa foi representada pelos diretores Cirilo Vieira e Ariofrank Albuquerque, além da advogada da empresa, Marina Cardoso.


De acordo com o que foi definido em reunião anterior foi feito um levantamento geral das áreas danificadas que agora A Agespisa se comprometeu a recuperar. São mais de 3 mil metros quadrados de asfalto que a empresa vai ter que repor. Segundo a advogada Marina Cardoso, está sendo preparado um projeto para em seguida ir para a licitação. Em seguida, dentro de 6 meses, aproximadamente, os serviços serão iniciados.


O diretor da Agespisa Cirilo Vieira, lembrou que em 3 pontos críticos, onde existem problemas em Pvs (Poços de Visita) que constantemente causam transtornos ao tráfego, é preciso um trabalho conjunto da empresa com a prefeitura, porque há também a parte de galerias de responsabilidade do município. Trata-se do PV na entrada da Presidente Vargas com a Avenida Chagas Rodrigues; na Chaga Rodrigues, entrada para a Praça de Santo Antônio (próximo à Farma Fórmula) e na Presidente Vargas com Rua Alcenor Candeira.


Para o presidente da Aserpa, Lisandro Ayres, o acordo foi uma vitória para o município, porque nunca nenhuma outra administração havia feito tal cobrança, o que ocorreu agora, na atual administração. “Foi o prefeito Mão Santa que solicitou para que a Aserpa fizesse essa cobrança e hoje a gente sai daqui com esse resultado positivo”, disse Lisandro.

Fonte: Blog do B. Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing