16/03/2019

Bandidos se passam por funcionários da Cepisa para assaltar casas no Sul do Piauí

Equipes de Picos foram acionadas para reforçar o policiamento na região de Sussuapara. Segundo denúncias, dois suspeitos com farda da Cepisa estariam realizando os assaltos.

Polícia alerta moradores para identificação de leituristas — Foto: Reprodução/TV Clube

A Polícia Militar procura dois suspeitos que estariam realizando uma série de assaltos na região de Sussuapara, Sul do Piauí. Segundo denúncias de moradores, os bandidos se passam por funcionários da Cepisa para entrar na casa da vítima e cometer o crime.

Ao G1, a Cepisa informou que está acompanhando as ações das autoridades policiais no sentido de esclarecer o uso e a origem do uniforme utilizado pelos bandidos.

Neste sábado (16), os criminosos chegaram a abordar uma família durante assalto a um comércio. No entanto, uma das vítimas conseguiu ligar para a polícia e os suspeitos fugiram.

"Há cinco dias estamos recebendo diversas denúncias de assaltos semelhantes, praticados por suspeitos com as mesmas características. Eles falam que vão ajeitar o contador, entram na casa e anunciam o assalto", contou o sargento José Vones, comandante da Polícia Militar de Sussuapara.

Segundo o comandante, as vítimas contaram que os suspeitos usam fardas da Cepisa para ganhar a confiança do morador. Equipes de Picos foram acionadas para reforçar o policiamento na região.

"Eles chegam fardados, o morador confia e deixa entrar. Acreditamos que os suspeitos estão rodando a região, mas já alertamos a população para identificação dos verdadeiros leituristas", disse.

Confira a nota de esclarecimento na íntegra:

Acerca das denúncias de crimes no município de Sussuapara, zona Sudeste do Estado, envolvendo pessoas que supostamente se apresentariam em estabelecimentos como profissionais da Cepisa, a Distribuidora informa que está acompanhando as ações das autoridades policiais no sentido de esclarecer o uso e a origem do uniforme utilizado pelos bandidos.

A Companhia orienta para que as eventuais vítimas desse tipo de crime levem o caso ao conhecimento das autoridades policiais da sua cidade por meio do telefone 190. No caso de Sussuapara, a Cepisa acompanhará o resultado das investigações como forma de garantir um atendimento de qualidade e segurança para seus clientes.

A Cepisa orienta a população sobre como identificar os colaboradores da Distribuidora:

  • Eles usam uniforme, crachá com o nome do profissional impresso e a marca da empresa que presta serviço junto à Cepisa;
  • Os profissionais de campo utilizam veículos emplacados e padronizados com a marca da empresa prestadora de serviço;
  • Em alguns casos, é necessário que a equipe entre na sua residência, mas fique atento: o profissional da Cepisa apresentará o código da unidade consumidora e chamará pelo titular da fatura de energia;
  • As equipes de plantão 24 horas da Cepisa são compostas por dois eletricistas, que atuam sempre em carros padronizados. Em casos de falsos profissionais, a polícia deverá ser acionada imediatamente.
Assessoria de Imprensa da Cepisa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing