31/01/2019

PI: família diz que corpo achado em carro carbonizado é de corretor, mas IML aguarda exames

Corpo foi encontrado em um carro no acostamento da rodovia que liga José de Freitas a Cabeceiras do Piauí. Familiares reconheceram carro e jóias da vítima. IML não confirmou identificação.

Instituto Médico Legal (IML) em Teresina — Foto: Gilcilene Araújo/G1

O Instituto Médico Legal (IML) de Teresina ainda não identificou o corpo do homem encontrado dentro de um carro carbonizadono acostamento da rodovia PI-133, entre os municípios de José de Freitas e Cabeceiras do Piauí, nesta quarta-feira (30). Isso porque não foi possível fazer o reconhecimento através da arca dentária e nem de digitais. No entanto, familiares de um corretor de veículos estiveram no IML e afirmaram que trata de Leonardo Lima da Silva, 24 anos.

Antônio Nunes, diretor do IML, contou ao G1 que a esposa de Leonardo reconheceu o corpo através dos colares encontrados no cadáver. Além disso, a família reconheceu o carro através de reportagens veiculadas pela imprensa.

“A mãe e a esposa do suposto indivíduo vieram ao IML fazer o reconhecimento depois que viram a notícia de um corpo carbonizado dentro do carro com a mesma placa e modelo do veículo usado pelo rapaz. Os familiares mostraram ao IML fotos do jovem usando um colar semelhante ao que está no corpo da vítima. E depois achamos outro colar, que também foi identificado como sendo do Leonardo”, disse.

Polícia encontra corpo dentro de carro em chamas no acostamento de rodovia no Piauí — Foto: Divulgação/PM

O diretor do IML informou que a perícia não conseguiu confirmar o reconhecimento devido à falta de arca dentária e digitais. “O jovem não tinha dentes e nem digitais. Não podemos confirmar que se trata de Leonardo, apesar das evidências. Somente após a realização de exame de DNA, que será feito em um laboratório no Maranhão, é que podemos confiar”, explicou.

A perícia confirmou que a vítima tinha sangue na cabeça e foi queimada depois de morta. Sobre a investigação, o diretor informou que ficará sob responsabilidade do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

O carro que pertenceria ao jovem Leonardo Lima da Silva, de 24 anos, foi encontrado no acostamento da rodovia PI-133, entre os municípios de José de Freitas e Cabeceiras do Piauí, por volta das 15h da tarde desta quarta-feira (30).

Antônio Nunes, diretor do Instituto Médico Legal de Teresina — Foto: Gilcilene Araújo/G1

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing