05/11/2018

PIAUÍ: bandidos assaltam escola e ameaçam cortar dedo de vigia para roubar aliança

Bandidos invadiram escola durante a madrugada de segunda-feira (5). A Seduc informou, por meio de nota, que registrou Boletim de Ocorrência sobre o caso e que está prestando auxílio ao funcionário.

Escola da Zona Sul de Teresina foi revirada por grupo de criminosos — Foto: Lorena Linhares/ G1 PI

Um grupo de criminosos torturou um homem idoso que trabalhava como vigilante durante o assalto a uma escola no bairro Acarape, Zona Norte de Teresina. O crime aconteceu durante a madrugada desta segunda-feira (5) e os assaltantes conseguiram levar equipamentos e alimentos guardados na Unidade Escolar Severiano Sousa. As aulas foram suspensas.

De acordo com Lídia Regina, diretora da escola, o grupo era formado por cinco homens armados. Eles usavam capuzes para esconder o rosto. Os criminosos invadiram a escola pelos fundos por volta das 2h de segunda-feira (5), renderam o vigilante, o amarraram e amordaçaram com fita adesiva.

“Eles bateram nele, o torturaram, botaram um saco na cabeça dele, disseram que iam arrancar o dedo dele para pegar a aliança, o tempo todo dizendo que iriam matá-lo. Tivemos danos materiais, mas os maiores danos são os traumas dessa pessoa”, comentou a diretora.

Armários e salas foram forçados e arrombados em escola da Zona Sul de Teresina — Foto: Lorena Linhares/ G1 PI

Os criminosos reviraram as salas da escola e levaram diversos equipamentos, como computadores, projetores, câmeras de segurança e o gabinete que arquivava as imagens das câmeras. Os bandidos levaram ainda parte dos alimentos utilizados para preparar a merenda dos alunos.

Ainda segundo a diretora da escola, o vigilante conseguiu se livrar das amarras por volta das 5h, mas não conseguiu sair do local para buscar ajuda. Ele foi encontrado pelos funcionários que chegaram na escola nas primeiras horas da manhã.

Funcionários encontraram equipamentos espalhados pelas dependências de escola da Zona Sul de Teresina — Foto: Lorena Linhares/ G1 PI

A Polícia Civil foi comunicada sobre o crime e uma equipe da Perícia Técnica deve visitar o local. O vigilante foi levado para um hospital da região, e ainda está em recuperação.

Ele deve prestar depoimento à polícia em breve. Segundo a diretora, o servidor se encontra profundamente abalado pela violência que sofreu.

Unidade Escolar Severiano Sousa, na Zona Sul de Teresina, foi invadida por bandidos na madrugada de segunda-feira (5) — Foto: Lorena Linhares/ G1 PI

“Se entende eles arrebentarem tudo e quebrarem cadeados para procurar alguma coisa. Mas não dá para entender o porquê da maldade de torturar o vigia, ameaçar de morte. A gente fica entristecido com uma situação dessas”, disse Lídia Regina.

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) informou, por meio de nota, que registrou Boletim de Ocorrência sobre o caso e que está prestando auxílio ao funcionário. Informou ainda que todo o material roubado será reposto.

Veja a nota na íntegra:

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) informa que foram tomadas as providências cabíveis quanto ao caso do assalto à Unidade Escolar Severiano Sousa, localizada no bairro Acarape e jurisdicionada à 4ª Gerência Regional de Educação (GRE). A direção informa que foi registrado o Boletim de Ocorrência e que o agente de portaria agredido durante a ação dos bandidos já se encontra sob cuidados médicos e recebendo toda a assistência desta Secretaria. Para oferecer maior tranquilidade à comunidade escolar, a Seduc solicitou à Companhia Independente de Policiamento Escolar (CIPE) rondas frequentes à unidade escolar. A Seduc informa, ainda, que os itens que foram furtados, eletrônicos e alguns perecíveis da merenda escolar, serão repostos por esta secretaria a fim de que não haja prejuízo aos alunos.

 Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing