04/08/2018

No Piauí, ministro Fux evita comentar candidatura de Lula


Foto: Joelson Giordani

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luiz Fux, evitou comentar nesta sexta-feira (3), uma decisão sua de quarta-feira onde afirma haver uma "inelegibilidade chapada" (evidente, notória) na possível candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele está em Teresina participando do III Congresso de Direito Previdenciário do Piauí.


Fux disse que não falaria por não estar na presença de sua assessoria de comunicação e que não responderia perguntas. O presidente vai palestrar no evento sobre “O Papel Moderador e Estabilizador do Supremo Tribunal Federal na Democracia Brasileira”. 

O III Congresso de Direito Previdenciário do Piauí começou no dia 1. Realizado pela Comissão de Direito Previdenciário da OAB-PI e pela Escola Superior de Advocacia do Piauí (ESA-Piauí), o congresso é uma oportunidade para que os estudantes e profissionais do direito se atualizem e agreguem conhecimento por meio da troca de experiência com especialistas de fora do Estado, como explica o coordenador geral do evento, Chico Couto, presidente da Comissão Especial de Direito Previdenciário do Conselho Federal da OAB.

“A advocacia previdenciária é a área que mais cresce no Estado, correspondendo atualmente a cerca de 30% dos advogados militantes. Esses profissionais, em sua maioria jovens advogados, precisam se qualificar para melhor atenderem aos seus constituintes, e o congresso traz temas da prática da advocacia”, comenta Chico Couto.

Flash Joelson Giordani
Hérlon Moraes (Da Redação)
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google