23/07/2018

Secretaria de Justiça afasta agentes penitenciários suspeitos de facilitar entrada de celulares em presídio

Três agentes penitenciários presos na Operação Penitentes, deflagrada na cidade de Parnaíba, haviam voltado às funções depois que tiveram a prisão revogada.

Penitenciária Mista de Parnaíba (Foto: Patrícia Andrade/G1)

Três agentes penitenciários foram afastados de suas funções por suspeita de facilitar a entrada de celulares e drogas na Penitenciária Mista Fontes Ibiapina, na cidade Parnaíba. O afastamento ocorreu após decisão da Secretaria de Justiça do Piauí, assinadas no dia 16 de julho e publicadas no Diário Oficial do Estado do Piauí de 16 e 19 de julho, nas portarias nº 138, 143 e 144.




De acordo com a publicação, os agentes tiveram a prisão revogada, e voltaram a exercer a função de agente. O texto argumenta que, na posição de agentes penitenciários, os suspeitos poderiam atrapalhar as investigações administrativas ou utilizar o cargo para cometer crimes.

A decisão ordena ainda que os agentes devolvam suas carteiras funcionais, insígnias, distintivos, armas ou outros documentos e objetos com os quais pudessem ser identificados como agentes penitenciários.

Operação Penitentes
A operação Penitentes foi deflagrada no dia 29 de junho de 2017. De acordo com a Secretaria de Justiça, os três agentes penitenciários foram presos suspeitos de facilitarem a entrada de material ilegal dentro da penitenciária onde trabalhavam. Os suspeitos foram presos dentro da penitenciária.

À época, o delegado geral da Polícia Civil, Riedel Batista, disse que as investigações começaram ainda em 2016, pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), e comprovariam que os agentes penitenciários recebiam dinheiro pela facilitação. A ação ocorreria na Penitenciária Mista Fontes Ibiapina, em Parnaíba. Ele não descartou novas ações semelhantes na região.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google