27/06/2018

'Vidas foram tiradas pelas minhas mãos', diz acusado de matar cinco pessoas


Portal Samita 

Clewilson Vieira Matias, conhecido como Chiê, acusado de assassinar cinco pessoas em 30 de outubro de 2014, na comunidade Palmeira de Cima, Zona Rural do município de São Miguel do Tapuio, foi condenado a pena definitiva de 112 anos de reclusão devendo ser cumprida inicialmente em regime fechado.

Durante o interrogatório o acusado chegou a fazer várias citações bíblicas e pediu desculpas aos familiares das vítimas. “Sinto muito pelas famílias das vítimas, peço desculpas, peço perdão, eu sei que é difícil eles me perdoar, sei que é difícil pra eles suportar, eu também fui vítima, eu perdi minha esposa, meus filhos, minha casa e minha liberdade” disse as últimas palavras do interrogatório.

Chiê ainda relatou que antes de cometer os crimes passou três dias bebendo e confirmou que foi atendido pelo CAPS (Centro de Apoio Psicossocial) e que usava medicação controlada.

Ao ser questionado sobre as armas Chiê disse “Comprei as armas no Ceará, comprei para me defender”.

O Tribunal Popular do Júri é presidido pelo Juiz de Direito da Comarca de Castelo do Piauí, Dr. Leonardo Brasileiro que em carácter excepcional assume pela Vara Única da Comarca de São Miguel do Tapuio.

Fonte: São Miguel Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing