27/06/2018

Dona do bar é morta em latrocínio no Piauí


Wilson Filho/Cidadeverde.com

Imagens de uma câmera de segurança mostra o momento em que Tânia Alves Ribeiro, a proprietária do bar "Quintal da Tânia" é morta durante um latrocínio na madrugada de hoje (27), na rua Arêa Leão, zona Sul de Teresina. 




A gravação mostra que o carro para, após ser atingido pelo tiro. Também é possível ver uma pessoa correndo em direção ao carro, já parado na calçada e depois saindo do local. Os faróis do veículo estão em luz alta.


Wilson Filho/Cidadeverde.com

A proprietária de um bar na zona Sul de Teresina, Tânia Alves Ribeiro do Nascimento, 53 anos, foi assassinada em uma tentativa de assalto na madrugada desta quarta-feira (27). Ela - que é dona do bar "Quintal da Tânia"- e mais duas pessoas retornavam de uma festa de aniversário quando foram abordadas por um suspeito armado. O crime tem características de latrocínio, roubo seguido de morte. 


Wilson Filho/Cidadeverde.com

A morte ocorreu na Rua Arêa Leão, bairro Monte Castelo, zona Sul de Teresina. A vítima foi atingida com um tiro no olho direito e teve morte imediata. Além da vitima, no carro havia uma senhora e uma menina de 12 anos de idade. 

“Um elemento pulou na frente do carro e anunciou o assalto, disse para elas passarem o celular. Houve apenas um disparo que atingiu fatalmente uma das mulheres. Ela morava na mesma rua onde ocorreu o crime, vinha em velocidade baixa e um individuo saiu de trás do muro e anunciou o assalto. Pediu para elas passarem o celular. Acredito que no nervosismo ele acabou disparando e não levou nada”, disse o policial civil, Lucídio Melo. 


Wilson Filho/Cidadeverde.com

A vítima era a motorista do carro e foi baleada ainda com o carro em movimento. “Ela foi atingida na cabeça, em um tiro transversal e perdeu o controle do carro. Saiu raspando os muros até parar. As outras duas pessoas não sofreram nada, foi apenas um disparo”, completa o investigador.



Tânia Alves é proprietária do "Quintal da Tânia", localizado no Centro de Teresina e foi uma das primeiras motoristas de ônibus da Capital.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) por volta das 5 horas da manhã. Equipes do DHHP estão em campo. O suspeito é negro, alto, trajando camisa preta e boné.

A comerciante é natural de Barras e irmã da artista Tércia Ribeiro. Ela retornava de um aniversário no conjunto Morada Nova, zona Sul quando foi abordada pelo assaltante.

Familiares da vítima estão no Instituto Médico Legal (IML) e providenciam a liberação do corpo. Bastante abalados, eles não quiseram falar com a imprensa. 

O velório de Tânia será na Pax União, na avenida Miguel Rosa. O sepultamento deve ocorrer no fim da tarde.



Ela deixa quatro filhos.




Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing