20/04/2018

Veículo fica sobre outro no Piauí e deixa quatro feridos

Carliene Carpaso/Cidadeverde.com

Um grave acidente por pouco não acabou em tragédia na Vila Costa Rica, no prolongamento da avenida Barão de Castelo Branco, zona Sul da capital. O motorista de um carro (Palio) em alta velocidade, perdeu o controle da direção, subiu o canteiro e colidiu frontalmente com uma moto e outro veículo (Gol) na Rua Palmeras. Após a batida, o Palio ficou em cima do Gol e a moto por muito pouco não ficou em baixo do Palio. Com o impacto, o casal da moto caiu para o lado.


O acidente ocorreu por volta das 8 horas desta sexta-feira (20). Duas mulheres foram levadas ao Hospital de Urgência de Teresina. Uma delas estava na moto e a outra no Gol. O motorista do Palio, Darci Franco, disse que a curva é muita fechada e, devido a velocidade que estava, perdeu o controle e subiu o canteiro. 

Carliene Carpaso/Cidadeverde.com

Abalado, Darci assumiu uma possível falha mecânica no veículo. Ele teve ferimentos leves e ficou no local. A segunda vítima que estava na moto, o marido de uma das mulheres levada ao HUT, também teve ferimentos leves e também ficou no local aguardo a perícia.

Carliene Carpaso/Cidadeverde.com

“Essa curva é muito fechada, eu fui deixar uma amiga e tava voltando para casa. O carro puxou pra esquerda e ele não estava alinhado. Me responsabilizo pelo dano”, disse Darci.

Carliene Carpaso/Cidadeverde.com

O mecânico Pedro Pereira estava na moto com a esposa indo para o trabalho. Ele tenta entender a dinâmica do acidente, mas, segundo ele, “tudo foi muito rápido”.

“Foi muita sorte. Se ele viesse em uma velocidade mais alta teria pego a gente cheio. A minha esposa foi ao hospital com muitas dores nas costas”. A esposa dele foi identificada como Adriana Batista.

Acidente não foi o primeiro no local
Os moradores da região alertaram que no local há o risco constante de acidentes por causa, justamente, da curva fechada que dá acesso a Rua Palmeras, onde o acidente ocorreu. Hoje não seria a primeira colisão.

"Essa não foi a primeira vez. Teve um dia que um veículo passou direto, passando pelo prolongamento e subiu pelo canteiro. O outro ficou no canteiro. É muito perigo essa curva", disse o morador Rubens Araújo.

Já o morador Francisco de Assis Vasconcelos lamenta a falta de sinalização e de uma melhor estrutura para a entrada e saída do prolongamento da Barão de Castelo Branco com a Rua Palmeras.

Morador Francisco de Assis Vasconcelos diz que o acidente não foi o primeiro

"Esse já deve ser o 15° acidente. A gente fica é com medo de um carro passar direto, entrar nas nossas casas e matar a gente", comentou o morador.

Flash Carliene Carpaso
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing