20/04/2018

Avó de bebê atacado com mordida revela ameaça de agressão


A avó do bebê de apenas um mês agredido com uma mordida pelo próprio pai, identificado como Francisco das Chagas Vieira, revelou em entrevista à TV Cidade Verde que ele já havia ameaçado matar a criança e a mãe usando uma chave de fenda. 


"Ele ficou ameaçando ela um dia que ia matar ela ou o menino com uma chave de fenda na mão. Eu não quero que esse cara fique impune e eu quero que ele pague pelo que ele fez", afirma a avó, que preferiu não se identificar

Francisco e Thaís, mãe do bebê, moravam há alguns meses no Parque Vitória. Na noite da agressão, além do bebê, estavam dormindo no quarto mais duas crianças, filhas de Thaís. Os vizinhos se referem a eles como uma família tranquila, sem histórico de brigas, agressões ou baderna. 

"Eles eram comportados, a gente quase nem via eles.Ficou todo mundo sentido com o que aconteceu", relatou uma das vizinhas.

A mãe de Thaís mora na mesma rua e foi para a casa dela que Thaís correu levando o bebê ensanguentado no colo e levando outras duas crianças. A família conta que Francisco tem estudo, trabalha como eletricista mas se envolveu com drogas após a morte da mãe e bebe com frequência. A mãe de Thaís já tinha inclusive ameaçado chamar a Polícia se visse Francisco bebendo na presença dos Netos.

"Ela estava namorando com essa pessoa mas eu sempre dizia pra ela deixar ele e cuidar dos filhos dela", disse a mãe de Thaís.

Parentes e vizinhos falam da beleza do bebê que nasceu depois de um parto difícil na maternidade Dona Evangelina Rosa. Thaís teve eclâmpsia e o tom de pele do garoto foi o que levantou as desconfianças de Francisco.

Ao ser preso em flagrante ele disse que o irmão havia agredido o recém-nascido. O caso está sendo investigado pela delegacia da mulher da zona Sul que tem até segunda-feira para remeter o inquérito à Justiça. Thaís prestou depoimento hoje pela manhã. Ela também é considerada uma vítima por ter sido agredida pelo companheiro e ameaçada de morte caso o denunciasse pelos ferimentos no filho Francisco das Chagas Vieira, de 39 anos pode responder por lesão corporal e tentativa de homicídio.

"Preliminarmente foi colhido muito material e a gente aguarda esses laudos. Na investigação também impulsionadas algumas intimações e exames periciais, e até amanhã finalizaremos e entregamos com a materialidade que tem consistência", explica a delegada Ana Melka Cadena.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing