15/03/2018

Obra resgatada da primeira poetisa do Piauí será lançada por pesquisadores da UESPI

Resultado de imagem para Luiza Amélia de Queiroz escritora
Luiza Amélia de Queiroz
Imagem: http://www.mulherorgulho.com.br
O livro intitulado “Georgina e outros escritos inéditos” será lançado dia 24 de março, as 10h, na Academia de Letras Piauiense. A obra é fruto de pesquisa sobre a primeira poeta e escritora piauiense, Luiza Amélia de Queiroz, desenvolvida pela Profa. Dra. Algemira de Macêdo Mendes, e seu ex-orientando de mestrado em Letras, Daniel Castello Branco Ciarlini, da Universidade Estadual do Piauí.

A obra traz textos do livro “Georgina ou os efeitos do amor”, que estava desaparecido há mais de 100 anos. O livro também trará outros escritos inéditos, publicados pela autora em vida e outros póstumos, no “Almanaque de Lembranças Luso-Brasileiro”.

Em seu trabalho, a pesquisadora elege o livro como objeto de resgate e afeição para a literatura. “A obra estava perdida porque eu já havia comprovado que ela não existia em nenhum arquivo da Biblioteca Nacional, nem nos estados do Maranhão, Pará e Piauí. Quando conseguimos encontrá-la no estado do Amazonas. Junto com a reedição desta obra publicaremos poemas inéditos da escritora”, explica Algemira.


Quem foi Luzia Amélia de Queiroz
Luiza Amélia nasceu em Piracuruca(PI) em 1838, e faleceu em Parnaíba em 12 de novembro de 1898. Considerada a primeira poetisa piauiense, Luiza recebeu o título de Princesa da Poesia Romântica do Piauí. É patrona da cadeira 28 da Academia Piauiense de Letras. Publicou vários poemas em jornais e revistas e também escreveu para o Almanaque de Lembranças Luso-Brasileiro, publicado em Portugal. Suas obras alimentam um espírito perseverante e audacioso na mulher do século XIX. É autora de duas obras: Flores incultas (1875) e Georgina ou efeitos do amor (1893), obra composta por cinco contos, e deixou inédito o livro Pétalas Dispersas, que não foi encontrado até a presente data.

A obra já pode ser encontrada nas livrarias EntreLivros e Anchieta em Teresina. Também pode ser adquirida na secretaria do mestrado de letras da UESPI, no Núcleo de Pós-graduação, campus Torquato Neto.

Assessoria de Comunicação - UESPI/Edição Portal PHB em Nota

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing