31/01/2018

Imagens aéreas chocantes mostram a situação da Lagoa do Portinho.



Um jovem parnaibano, identificado por Marden Power Teles, publicou em sua página pessoal no Facebook imagens aéreas gravadas por drone mostrando a triste e revoltante situação da nossa (ex)Lagoa do Portinho. 


As imagens são chocantes aos olhos das sociedades parnaibana e piauiense, pois são o reflexo do descaso e da inoperância (pra não dizer inutilidade) do Governo e do Ministério Público com esse que um dia foi um dos mais importantes cartões postais do estado do Piauí, responsável por alavancar o turismo no Litoral. VEJA O VÍDEO ABAIXO.



É demasiado triste ver uma cidade como Parnaíba, que possui um gigantesco potencial turístico, não ter uma política de valorização ambiental e, sobretudo, patrimonial. 

Se pararmos para refletir, veremos que os nossos "governantes" não investem nem o básico para promover o turismo e alavancar a economia municipal e estadual. Vamos iniciar pela entrada da cidade: não há nenhuma ornamentação que lembre a nossa Praia da Pedra do Sal, não tem algo que lembre a existência do Delta do Parnaíba e também não há nenhuma forma de incentivo à visitação ao nosso Complexo Turístico Porto das Barcas. 

O que vemos hoje é somente praças sendo construídas, reformadas, e outras sendo esquecidas. E o pior: existe uma lagoa praticamente no meio da cidade, a Lagoa do Bebedouro, que poderia se tornar um belo cartão postal, mas esse tipo de investimento não interessa aos nossos políticos, que só investem no próprio bolso. Lagoa não dá votos! O que dá votos são festas, onde eles podem ser vistos pela multidão numa atitude extremamente populista e marketeira.

TRISTE A NOSSA REALIDADE...

Por Renato Farias e Pedro Hoffman para o Portal PHB em Nota

Um comentário:

  1. A opnião pública pressiona autoridades e exige providencias e fiscalizações.A lagoa do Portinho nos abastece com água potável q é de fundamental importãncia.

    ResponderExcluir

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google