20/03/2018

Sob pressão, Parnahyba corta bicho ao time na última rodada: “Nem adianta”

Presidente confirma que não dará premiação em dinheiro aos jogadores em caso de vitória no jogo que define futuro no Piauiense. Cartola expõe abatimento com mudanças: “Não surtiu efeito”

Diretoria demitiu treinador e efetivou Beto Silva no cargo. Clube segue sob pressão fora do G-4 (Foto: Jorge Alves/Parnahyba SC)

O Parnahyba vive o momento mais dramático no Campeonato Piauiense. Quinto colocado na tabela, o Tubarão está fora da zona de classificação à semifinal e encara o Altos, na 10ª rodada, com a difícil missão de ter que entrar no G-4 com uma vitória no estádio Verdinho, no litoral do estado, e ainda torcer por um tropeço do 4 de Julho, quarto colocado, diante do Flamengo-PI, em Piripiri. Contudo, ao contrário de outros jogos, o time azulino não receberá do clube premiação em dinheiro, o conhecido bicho, caso conquiste a vitória em casa, como confirmou o presidente Batista Filho nesta terça-feira.




- Vou mais nem falar em bicho porque nem adianta mais. Não vai ter bicho. Ofereci em quase todos os jogos, mas nessa última rodada não vai ter. Tem que vencer e ainda torcer por derrota do 4 de Julho. Pode botar um mundo de dinheiro para incentivar que... Infelizmente não surtiu efeito – declarou o cartola azulino.

Presidente do Parnahyba, Batista Filho garante que não pagará bicho ao time em rodada decisivia do Piauiense (Foto: Arthur Ribeiro)

O risco de ficar fora das semifinais do estadual incomoda há dias os dirigentes do Parnahyba. Para tentar mudar os ânimos no clube no decorrer do returno, Batista Filho prometeu demitir parte dos jogadores caso o clube não vencesse o 4 de Julho, na 7ª rodada – terminou empatado em 2 a 2. Mesmo com o resultado, o Tubarão não reformulou o elenco, sobretudo por conta do fim do prazo de inscrições de novos atletas no campeonato. Alex Santos e Miltão foram demitidos por conta de uma briga entre os dois no CT Petrônio Portela.

Parnahyba e 4 de Julho vão brigar até a última rodada por última vaga disponível na semifinal (Foto: Renan Morais)

Caso não se classifique ao mata-mata do Piauiense 2018, o Parnahyba vai interromper uma sequência de nove anos consecutivos em que o clube marca presença em fases decisivas do estadual. A última vez que o Tubarão ficou fora de uma semifinal foi em 2008.

- Vou sentar hoje com José Paulo (diretor de futebol) e ver. Não sei ainda (se vão ter novas mudanças). O que podia ser feito, foi feito – completou o presidente.

Fonte: Globoesporte.com, Piauí

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google