05/03/2018

Cartola corta concentração e ameaça demissão em massa: "Acomodados"

Presidente do Parnahyba se irrita com sequência sem vitórias no estadual, decreta fim de concentração e projeta mudança brusca caso não vença na quarta: "Chega de bem bom"

Batista Filho corta regalias do time e aguarda resultado contra o 4 de Julho para fazer cortes na equipe 
(Foto: Renan Morais)

As ameaças de Batista Filho, presidente do Parnahyba, logo após o empate em 0 a 0 com o Flamengo-PI foram mantidas. Desta vez, mais radicais. O mandatário revelou que caso o time não vença o 4 de Julho, na quarta-feira, pela sétima rodada do Campeonato Piauiense, vai demitir 80% da equipe e terminar o Campeonato Piauiense com os jogadores da base do time sub-19. A primeira medida tomada pelo cartola foi cortar a concentração dos jogadores.


- Os cortes são naturais e vou ter que fazer um levantamento para preparar o clube para isso. Caso não vença o 4 de Julho, termino o Campeonato Piauiense com o sub-19 e demito de 70 a 80 % do time atual. E chega de bem bom, eles também não vão mais se concentrar – revelou o presidente azulino, ainda revoltado com a campanha do Azulino.

Ainda segundo o o cartola, o clube oferece uma estrutura ao time que não vem mostrando resultado dentro de campo. O Parnahyba ocupa atualmente a quinta colocação, fora do G-4, e faz campanha de apenas 33% dos pontos: uma vitória, três empates e duas derrotas. O Tubarão só marcou três gols em seis jogos - não marca há cinco rodadas. Batista explicou que as medidas são "para dar um choque".

CT Petrônio Portela (Foto: Firmo Nogueira)

- Eles estão acomodados e por isso precisam desse choque. O clube não é milionário para dar de tudo para o atleta e o time não vencer. Esse time é a maior decepção. Não tem time no Piauí com o melhor tratamento que eles. Oferecemos boa estrutura, ótimas condições e falta atitude e personalidade desses jogadores – desabafou o mandatário.

Depois do empate em 0 a 0, Batista havia demostrado insatisfação, e até xingou o elenco.

- Um time que falta atitude, coragem, culh@#. Essa é a verdade. O Parnahyba dá um tratamento de time profissional. Nenhum está fazendo por merecer vestir a camisa do Parnahyba. Vejo com muita tristeza um time sem condição de mostrar que é capaz de ganhar - disse.

O duelo que decide o futuro do time do Parnahyba acontece na quarta-feira e abre a sétima rodada do Piauiense. O jogo está marcado para às 19h, no estádio Verdinho, casa do Tubarão na competição.

Fonte: Globoesporte.com, Piauí

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google