07/01/2023

Suspeito de estuprar ex-companheira usando objeto de ferro é solto após vítima voltar atrás em depoimento, no PI

Caso aconteceu em Alegrete do Piauí, distante cerca de 400 km de Teresina.

Viatura da Polícia Militar do Piauí — Foto: Andrê Nascimento/g1

A Justiça concedeu liberdade provisória a C.B.R., suspeito de estuprar a ex-companheira usando um objeto de ferro. O caso aconteceu na cidade de Alegrete do Piauí, localizada cerca de 400 km ao Sul de Teresina.

O homem foi preso em flagrante em 2 de janeiro, segunda-feira, e solto três dias depois. Conforme decisão do juiz Adelmar de Sousa Martins, a vítima chegou a relatar o crime aos policiais quando o homem foi preso, prestando inclusive depoimento na delegacia.

Segundo a Polícia Militar, o homem teria invadido a casa da vítima e usado um pano para amordaçá-la, rasgando a roupa dela e cometendo o crime. Além disso, ele teria usado um objeto de ferro para estuprá-la.

Exames periciais comprovaram que a mulher foi obrigada, "mediante violência, a manter com ele conjunção carnal e, ainda, a praticar com ele ato libidinoso diverso da conjunção carnal". Contudo, conforme avaliação do magistrado, não foi possível comprovar autoria do crime.

"Efetivamente, as posteriores manifestações da suposta vítima, mediante declaração de próprio punho e mediante declaração em vídeo ao lado de seu advogado, afirmando que o flagrado não cometeu a conduta criminosa, coloca em séria dúvida a prudência da prisão enquanto medida acautelatória", informou o juiz na decisão.

Desta forma, o homem foi colocado em liberdade provisória e foram aplicadas medidas cautelares até que a investigação do caso seja encerrada. O g1 não conseguiu contato com a Polícia Civil a respeito do inquérito do caso.

Fonte: Portal G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing