31/12/2022

POLINTER prendeu 219 criminosos e restituiu cerca de 1.500 veículos em 2022

FOTO: Divulgação /PC-PI

O Portal RP50, parceiro do 180graus, conversou com o delegado Marcelo Dias, titular da Delegacia de Polícia Interestadual do Piauí (POLINTER), oportunidade em que pôde fazer um balanço das atividades desenvolvidas em 2.022 por esta especializada. Só neste ano, mais de 1300 motocicletas recuperadas foram devolvidas aos seus verdadeiros proprietários. Também foram feitas 55 prisões em flagrante e vinte duas armas de fogo foram retiradas de circulação pela equipe.

Para o êxito do trabalho da Polícia Civil, o delegado ressaltou a importância de que as vítimas realizem o Boletim de Ocorrência, pois assim o veículo entra no sistema de automóveis roubados e qualquer polícia pode realizar a apreensão.

“O Boletim de Ocorrência é o primeiro ato que a vítima deve praticar. Tem que ir imediatamente às delegacias, principalmente na POLINTER, se tiver mais acesso. Com isso a polícia fica sabendo que realmente aquele veículo foi roubado. A partir daí, nós da POLINTER, fazemos os bloqueios, colocando a restrição, sendo que com isso qualquer polícia pode fazer a apreensão do veículo roubado ou furtado”, explicou.

Além das 55 prisões em flagrantes, mais de 150 prisões preventivas foram realizadas pela equipe coordenada pelo delegado em 2.022.

“Nós conseguimos cumprir 164 mandados de prisões preventiva, com isso conseguimos tirar de circulação várias quadrilhas especializadas em roubo, receptação e adulteração de veículos. Cerca de cento e trinta buscas e apreensão. Apreendemos vinte e duas armas de fogo, que são materiais utilizados nos roubos de veículos e conseguimos tirar de circulação. Bem como alguns procedimentos envolvendo tráfico de drogas. ” disse o delegado

Um outro importante serviço realizado pela POLINTER foi a intensificação da luta contra o desmanche de veículos que foram levados de seus donos verdadeiros em ações criminosas.

“Conseguimos fechar uma grande loja de autopeças e sucata em Teresina. Conseguimos o bloqueio judicial, a apreensão de várias carcaças, vários motores, vários veículos com suspeita de roubo. Prendemos uma família que estava sendo suspeita de praticar esses crimes, associação criminosa, receptação qualificada, roubo de veículos em geral.”

FOTO: Divulgação Polícia Civil Piauí

Além das ações já citadas, a POLINTER também esteve afrente de um importante trabalho social, o de devolução dos veículos roubados e/ou furtados às vitimas. Durante o ano de 2022 foram realizados dez mutirões de devolução

“Fizemos dez mutirões de restituição de motocicletas que estavam paradas há anos no pátio da POLINTER com isso, a gente conseguiu restituir cerca de 620 motocicletas. Fazendo a devolução de motos que já estavam até dadas como perdidas pelas vítimas.”

Segundo o coordenador da POLINTER, no total foram restituídos 1500 veículos entre carros e motos. Essa quantidade engloba as ações em conjunto com as polícias Civil, Militar e Federal.

O delegado disse ainda que o sentimento é de que o ano de 2022 foi muito produtivo:

“O ano de 2022 foi bastante produtivo para a Polícia Civil, especificamente pela POLINTER, nós conseguimos avançar ainda mais no combate ao roubo de veículos”, afirmou o delegado.

No ano de 2023, estima-se que mais ações sejam realizadas pela POLINTER, juntamente com as demais polícias do estado do Piauí.

Fonte: Portal 180

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing