13/12/2022

DHPP investiga se homicídios no Dirceu foram praticados pelo mesmo grupo, no Piauí

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) está apurando se um mesmo grupo criminoso foi o responsávelo pelos dois homicídios registrados em menos de 30 minutos nesta segunda-feira (11), no bairro Dirceu Arcoverde, na zona Sudeste de Teresina.

O delegado Francisco Costa, o Baretta, afirmou que foi usado o mesmo calibre de arma para matar Felipe Soares Santos, de 30 anos, e Manoel de Oliveira Ângelo, de 45 anos. Além disso, existem relatos que um carro e uma moto, onde estariam os suspeitos, foram vistos nos locais dos assassinatos.

“Na verdade, há uma compatibilidade do tipo de armas utilizadas, uma pistola calibre 9 milímetro, que foi usada nos dois homicídios. Um lapso temporal muito pequeno, quase concomitante. Há também indício que o carro e a moto tinham a identificação idêntica. Tudo isso, será objeto de investigação”, informou o delegado.

Baretta explicou que existe uma suspeita que o crime tenha sido cometido em uma possível disputa de área para a venda de drogas.

“Já temos a informação do plantão de crime no local, e entrevista com os parentes e outras pessoas que levam a autoria material do crime. Uma das pessoas mortas era envolvida com o submundo do crime, o tráfico de drogas. Há uma rivalidade pela venda e tráfico de drogas em determinada região, mas isso será objeto de investigação”, explicou.

O delegado informou que os projéteis serão analisados para tentar descobrir se eles vieram da mesma arma de fogo.

Os assassinatos
O primeiro caso ocorreu na Avenida Joaquim Nelson, quando Felipe Soares Santos, de 30 anos, estava pilotando uma motocicleta e foi atingido com disparos de arma de fogo. Ele caiu morto próximo ao Teatro João Paulo II.

Foto: Reprodução/TV Cidadeverde

A Polícia Civil informou que ele foi atingido com cinco disparos de arma de fogo. Felipe era casado, tinha um filho e a esposa está grávida de seis meses.

Menos de meia hora depois, outro homicídio foi registrado na mesma região. Manoel de Oliveira Ângelo, de 45 anos, foi atingido com disparos de arma de fogo próximo à sua residência.

A Polícia Militar informou Manoel estava passando na rua, quando pessoas em um carro e uma motocicleta fizeram vários disparos de arma de fogo. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Um metalúrgico que estava trabalhando foi atingido com um disparo de arma de fogo e encaminhado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Foto: Reprodução/TV Cidadeverde

Bárbara Rodrigues e Tiago Melo
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing