14/12/2022

Após um ano do crime, DHPP exuma corpo de jovem assassinado em lava-jato, no Piauí

O corpo de João Victor foi enterrado com três projéteis de bala, a polícia vai fazer a perícia entre eles e uma arma de fogo apreendida com um dos suspeitos do crime.

João Victor Viana Santos foi morto em lava-jato na Zona Norte de Teresina — Foto: Reprodução/Redes sociais

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) exumou na manhã desta terça-feira (13) o corpo de João Victor Viana Santos, morto a tiros em novembro de 2021 em lava-jato onde trabalhava na Rua Pescador Salvino, no bairro Poti Velho, Zona Norte de Teresina.

De acordo com o delegado Genivaldo Vilela, responsável pelo caso, um suspeito do crime foi preso em 2022 por porte ilegal de arma.

"Esse homicídio tem dois suspeitos, um desses suspeitos foi preso com arma de fogo dias depois do homicídio. Como o cadáver foi sepultado com alguns projéteis, nós pedimos a exumação para eles serem extraídos, pra depois fazer uma perícia juntamente com a arma para saber se as balas foram expelidos pela arma do suspeito", explicou o delegado.

Ainda segundo o delegado, nenhuma pessoa foi presa pelo crime até o momento. O homem preso com a arma dias após o crime, foi detido por suspeita de crime de porte ilegal de arma de fogo, mas como é, também, suspeito do homicídio, ainda será indiciado oficialmente por isso.

Investigação
Ao g1 a Polícia Civil do Piauí também informou que imagens de câmeras de segurança de uma residência próxima ao local do crime mostram o momento em que um carro modelo Siena, da cor prata, para em frente à vítima e atira.

"Nas imagens, alguém abre a porta de trás do carro, no lado oposto ao motorista, e sem sair do carro efetua vários disparos contra a vítima, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local", afirmou o delegado Genivaldo.

João Victor Viana foi atingido com dois tiros na cabeça, um no tórax e um no braço. De acordo com o delegado Genivaldo, dois disparos transpassaram o corpo da vítima e três projéteis ficaram no cadáver. Agora, duas balas foram retiradas com a exumação do corpo.

O delegado também informou que, pela dinâmica do crime, ao menos duas ou três pessoas estariam dentro do carro que foi usado para praticar o homicídio. A Polícia Civil continua investigando o caso.

O crime
Jovem é morto a tiros no bairro Poti Velho — Foto: Kelvyn Coutinho /Rede Clube

João Victor Viana Santos tinha 19 anos, quando foi morto a tiros na tarde do dia 18 de novembro no lava-jato onde trabalhava na Rua Pescador Salvino, no bairro Poti Velho, Zona Norte de Teresina.

O chefe de investigação do 9º Distrito Policial, Edson Campos, informou que cerca de três homens passaram em um carro na rua e atiraram contra João Vitor. Em seguida, eles fugiram e ainda não foram identificados.

Segundo a polícia, o rapaz chegou a ser apreendido quando era menor de idade. Entretanto, os policiais não disseram qual ato infracional foi cometido pelo jovem. O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Fonte: Portal G1 PI
*Estagiária sob supervisão de Catarina Costa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing