12/11/2022

Homem teria sido executado após comemorar morte de rival, no Piauí

Reprodução

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga a morte de Natanael de Sousa Oliveira, conhecido como Natan, executado com 12 tiros no bairro Dirceu II, na zona Sudeste de Teresina. O crime teria ocorrido após a vítima comemorar a morte de um rival apontado como autor do assassinato de um um primo dele em março deste ano.

O inimigo foi identificado como Francisco Ivan Júnior que morreu em um confronto com policiais após assassinar um sargento da PM na avenida dos Ipês. Ivan era acusado de participação na execução de Pedro Leonardo, primo de Natan.

"O Natanel tinha vínculos estreitos com o mundo do crime. Um indivíduo que era muito ligado a ele foi morto. Um dos autores desse crime tinha sido o Francisco Ivan. O que a gente sabe é que com a morte do Ivan houve uma externação do Natanel comemorando a morte. Estamos trabalhando para verificar se essa comemoração é de fato o que fez a motivação dos indivíduos irem lá e descarregarem as duas armas nele", diz o delegado Bruno Ursulino, do DHPP.

Natan tinha, pelo menos, quatro antecedentes criminais por roubos e outros crimes. Dos 12 tiros, a maioria foram na região do rosto, tórax e braço.

"A dinâmica é que duas motos se aproximaram, cada moto com dois passageiros que desceram e efetuaram vários disparos. A vítima tentou se evadir, correndo do local, só que foi seguido e executado ainda no local", acrescenta o delegado.

Natan saiu do presídio em março deste ano e teria ligação com criminosos faccionados.


Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing