12/11/2022

Audiência pública debate problemas de fornecimento de água em Parnaíba

A propositura que deu origem a audiência foi requerida pelo vereador Batista do Catanduvas.

Audiência pública debate problemas de fornecimento de água em Parnaíba. Foto: Divulgação/Câmara Municipal de Parnaíba.

Vereadores, representantes de entidades e moradores de diversos bairros de Parnaíba debateram durante audiência pública realizada na noite dessa quinta-feira (10), na Câmara Municipal de Parnaíba, as constantes interrupções no fornecimento de água no município. A propositura que deu origem a audiência foi requerida pelo vereador Batista do Catanduvas (Solidariedade).

Além do vereador Batista do Catanduvas, participaram os parlamentares David Soares (Progressistas), que presidiu a audiência; a primeira secretária da Casa, Neta Castelo Branco, também do Progressistas; vereador Renatinho (PTB); Taylon Andrades (PROS), vereador Zé Filho Caxingó (PL); a secretária executiva do Procon, Rosângela Mourão; o advogado do Procon, Aldemaro Machado; a representante da Agência Parnaibana de Regulação de Serviços Públicos - Aserpa, Jane; o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil - OAB Seccional Parnaíba, Rômulo Santos; o presidente da Comissão dos Direitos do Consumidor da OAB, Robesdean Machado; os advogados Miguel Bezerra e João Medeiros e a representante dos moradores do Bairro João XXIII, Fabiana Melo.

Via home-office participaram representando a Companhia de Águas e Esgotos do Piauí - Agespisa de Parnaíba, Cirilo Machado e Ariofrank Soares, além do representante da Agespisa de Teresina, Carlos Augusto. Foram ainda registradas as presenças dos moradores do bairro São José, Residencial Caminho da Alvorada e Comunidade Olho D’Água.

Conforme ressaltou Batista do Catanduvas, o encontro foi provocado para expor e buscar soluções para o mau fornecimento de água encanada, problema este que vem castigando os parnaibanos. Ele disse que se preciso for, reunirá uma equipe de parlamentares para irem a Teresina cobrar medidas efetivas por parte do governador eleito, Rafael Fonteles (PT).

Rosângela Mourão frisou que o Procon sempre tem recebido as reclamações dos munícipes e disse ser inadmissível uma cidade do porte de Parnaíba ainda padecer com a má qualidade do fornecimento de água, bem este essencial para a vida. “O Procon é um órgão público e tem legitimidade para fiscalizar e exigir respostas e soluções por parte da Agespisa."

Fonte: Infoco Piauí

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing