12/10/2022

Homem é condenado a 46 anos de prisão por feminicídio em Parnaíba


A atuação do Ministério Público do Piauí resultou na condenação de Evaldo Machado dos Santos, de 34 anos, pelo feminicídio de sua companheira, Maria José Soares Maciel. O julgamento ocorreu nessa segunda-feira, 10 de outubro, na sede do Fórum da Comarca de Parnaíba. A sessão de julgamento teve mais de 8 horas de duração. O Conselho de Sentença reconheceu os crimes nos termos apresentados pelo Ministério Público. A pena de Evaldo dos Santos foi fixada em 46 anos de reclusão, em regime fechado.

Consta nos autos que em 22 de agosto de 2020, o acusado matou a vítima com golpes na cabeça. Durante dois dias, o réu após esconder o corpo debaixo da cama, começou a subtrair os eletrodomésticos da vítima e trocá-los por drogas. Os dois moravam em uma residência no bairro Piauí, em Parnaíba.

Após os dois dias do desaparecimento de Maria José, os filhos da vítima comunicaram à polícia, que iniciou as diligências para identificar quem seriam os responsáveis pela ação. Ao localizarem o acusado este negou os fatos, mas como não havia sinais de arrombamento e o acusado fora visto na residência durante todo o final de semana, os policiais o prenderam em flagrante.

Evaldo dos Santos foi denunciado pelo crime de feminicídio, com a causa de aumento em razão da vítima ter mais de 60 anos, além do crime de furto qualificado.

O promotor de Justiça e coordenador do Grupo de Apoio aos Promotores de Justiça com Atuação no Tribunal do Júri (GAEJ/MPPI), Márcio Carcará, foi o representante do Ministério Público Estadual na sessão do Tribunal do Júri.

Fonte: MPPI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing