03/09/2022

Quatro elementos são presos acusados de matar jovem a tiros, em Parnaíba

A prisão ocorreu nesta sexta-feira (02). Foram apreendidas armas, munições, dinheiro e mais. 03 de setembro de 2022 às 06:00

Objetos apreendidos com os faccionados

Quatro faccionados do Primeiro Comando da Capital (PCC) foram presos na noite desta sexta-feira (02) após cometerem um homicídio em Parnaíba, litoral do Piauí. A vítima se trata de Izaquiel Alves da Silva, de 24 anos. Os presos foram identificados como Vitor Costa do Nascimento, vulgo Vitor Malvadão, de 22 anos; Marcelo Nascimento Souza, 22 anos, vulgo Esquisitão; Eduardo da Silva Souza, vulgo Conterrâneo e Windsor César Maia Silva, de 29 anos.

De acordo com a Polícia Militar de Parnaíba, a equipe do Serviço Reservado tomou conhecimento, através da equipe do COPOM, que um homicídio tinha acabado de ocorrer na Avenida Batista Silva com Mira Santos.

Em posse da informação, os policiais perseguiram um veículo, de modelo HB20, até o Conjunto BroderVille. Os policiais então se deslocaram até a rua e interceptaram o carro no sentido contrário dando voz de prisão aos suspeitos do crime.

Após o comando, os agentes fizeram uma abordagem dentro do veículo e encontraram uma pistola 9MM de marca Taurus, um revolver calibre 38 da marca Taurus, um revolver calibre 38 da marca Rossi, um carregador com 19 munições de calibre 9mm e 14 munições de calibre 38, duas bala clavas, quatro celulares e R$ 620,00 em espécie. O veículo usado pela quadrilha é de Goiânia-GO, e contém uma restrição de roubo.

Ainda segundo a PM, existem denúncias de que 'Vitor Malvadão' participou do homicídio de Ivan Galeno da Silva, vulgo Ivan do Zé Danado, no dia 08 de junho na Estrada do Céu, também em Parnaíba. Também há denúncias contra Vitor Malvadão no dia 25 de agosto 2022, onde teria tentado matar Paulo Henrique do Nascimento da Silva, conhecido por Sassá, efetuando cinco tiros que atingiram a vítima.

Os faccionados foram conduzidos à Central de Flagrantes para os procedimentos legais. Na Central de Flagrantes, constataram que o celular Redmi Azul, encontrado com os criminosos, tem uma restrição de roubo do dia 12 de julho, que ocorreu no município de Ilha Grande, onde a vítima do roubo foi atingida por três disparos de arma de fogo e veio a óbito no local.

Fonte: Portal Lupa1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing