02/09/2022

Homem morre após ser perseguido e baleado no Piauí

A vítima era morador de rua e havia saído ontem (31) da Colônia Agrícola Major César de Oliveira, onde estava em regime semi-aberto, segundo a PM.

Homem morre após ser perseguido e baleado na Vila Jerusalém em Teresina (Foto: Matheus Oliveira/ Meio Norte)

Um homem identificado como Francilio Barbosa Ferreira, de 31 anos, vulgo ‘Borracheiro’, morreu por volta das 14 horas desta quinta-feira (01), após ser atingido com disparos de arma de fogo em uma região de mata na Vila Jerusalém, na zona Sul de Teresina. A vítima era morador de rua e havia saído ontem (31) da Colônia Agrícola Major César de Oliveira, onde estava em regime semi-aberto, segundo a Polícia Militar.

Em entrevista ao Meionorte.com, o capitão Sousa Marques, do 1° Batalhão, explicou que segundo as primeiras informações, ‘Borracheiro’ havia conseguido uma motocicleta e teria ido cometer um crime na zona Sudeste de Teresina. Lá, uma terceira pessoa teria intervido, realizou disparos contra Francilio e o perseguiu até a Vila Jerusalém, onde caiu sem vida nas proximidades de uma galeria.

"Ele era morador de rua e costumava ficar aqui na região da Jerusalém, da principal, e ele saiu ontem, estava no semi-aberto, saiu ontem da Major César e hoje conseguiu uma moto que a gente não sabe se foi furtada ou emprestada e vamos passar para a Polícia Civil fazer a investigação. Puxamos a placa, a moto é quente e ele pegou essa moto ele foi para a região do 8° Batalhão. Lá ele tentou cometer um crime, onde um terceiro ia passando a resolveu intervir e fez uma série de disparos contra o borracheiro, inclusive perseguiu ele até aqui na Jerusalém. A princípio a gente pode perceber dois disparos de arma de fogo”, disse o capitão.

O local foi isolado para o trabalho da perícia criminal, que foi acionada, assim como o Instituto Médico Legal (IML), que removerá o corpo na sequência. O capitão ressaltou ainda que populares o viram correndo para o local em que caiu, já alvejado e na posse de uma arma de fogo, que não foi encontrada.

"As pessoas que viram passar ele correndo falaram que ele estava em posse de uma arma de fogo e ele tinha um ferimento também nas costas. O povo estava comentando que acha que foi esse que levou à óbito. Ele foi alvejado, tentou fugir, foi acompanhado aqui já na Jerusalém e tentou se abrigar no matagal, lá na galeria e lá faleceu. Nós estamos fazendo o isolamento e acionando o IML", completou.

De acordo com o delegado Genival Vilela, do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) investigar, além da informação de que ele teria ido um assalto na região do Dirceu, a Polícia Civil foi informada também de que Francilio teria ido matar uma pessoa, mas foi perseguido e morto. No entanto, as informações estão sendo levantadas.

"Nos informaram primeiramente que ele teria praticado um assalto próximo ao Açaí, foi perseguido por alguém, sofreu disparos e caiu nesse local. Posteriormente nos disseram que ele teria ido matar alguém no Dirceu, foi perseguido e morto no local. Ainda vamos checar essas informações. O que é certo é que ele sofreu dois disparos, um no braço e outro em uma das pernas. A moto está apreendida pela PM e ainda vamos verificar a situação dela, se foi roubada, se seria de algum parente", reiterou o delegado.

Fonte: Portal Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing