11/09/2022

Cinco réus são condenados a mais de 140 anos de prisão por assassinato em CRAS de Parnaíba

O crime aconteceu em 07 de fevereiro de 2019

CRAS Mendonça Clarck (local da ocorrência). Foto: Reprodução/Portal do Catita.

Os réus André Luis Silva, Francisco Tiago Alves, Marcelo Vale Ramos, Maycon Douglas Araújo da Silva e R.R.S.N. foram condenados a mais de 140 anos de prisão pelos crimes de latrocínio consumado, latrocínio tentado e corrupção de menores cometidos contra as vítimas Antônio Laurindo Gonçalves Filho e T.S.L. Os valores foram fixados após julgamento de recurso de Apelação pela 2ª Câmara Especializada Criminal do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI).

De acordo com o acórdão, André Luis Silva foi condenado a 27 anos e oito meses de reclusão e os réus Francisco Tiago Alves, Marcelo Vale Ramos, Maycon Douglas Araújo da Silva e R.R.S.N. foram condenados, cada um, a 29 anos e quatro meses de reclusão, sendo o regime fechado para o início do cumprimento da pena.

Segundo consta na denúncia, no dia 07 de fevereiro de 2019, os acusados, alguns com facão, golpearam e tiraram a vida de Antônio Laurindo Gonçalves Filho e tentaram matar T.S.L., com o objetivo de roubar seus bens.

O crime ocorreu no CRAS, localizado no bairro Mendonça Clark, em Parnaíba, tendo os acusados roubado um aparelho celular, uma carteira, um aparelho de som, vasilhas de plástico e um botijão de gás (este pertencente ao CRAS).

Logo após o crime, detalha a denúncia, todos os membros do grupo se evadiram do local em direção as suas residências, deixando o corpo da vítima no chão.

Fonte: Infoco Piauí

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing