31/08/2022

Piauí fecha agosto com 1.600 focos e fica em 2º lugar em queimadas no Nordeste

Fotos: Corpo de Bombeiros

O Piauí já registrou 1.653 focos de incêndio somente neste mês de agosto, ocupando 2º lugar no Nordeste. O Corpo de Bombeiros informou que vai encaminhar na quinta-feira (1) uma equipe com 10 profissionais que vão atuar no combate a incêndios no Sul do Estado, em mais uma etapa do Guardiões do Bioma.

Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), neste mês foram registrados 1.653 focos de incêndio, sendo que cerca de 67,3% aconteceram no Cerrado, o que representa 1.112 casos, e na Caatinga foram 32,7%, que registraram 541.

Os municípios que mais registraram mais focos de incêndio:
Uruçuí: 137
Floriano: 136
Riacho Frio: 123
Canto do Buriti: 94
Júlio Borges: 91
Baixa Grande do Ribeiro: 83
Barreiras do Piauí: 71
Santa Filomena: 64
Ribeiro Gonçalves: 51
Jerumenha: 43

Queimada em Ribeiro Gonçalves

Já no cenário nacional, o Piauí ocupa o 8º lugar no ranking nacional, e em 2º lugar no Nordeste, em relação à quantidade de mais focos registrados neste mês.

Estados com mais focos:
Pará: 12.012
Amazonas: 7.825
Mato Grosso: 7.033
Maranhão: 3.438
Rondônia: 3.304
Acre: 2.600
Tocantins: 2.222
Piauí: 1.653
Minas Gerais: 1.095
Bahia: 941

Ações dos bombeiros
O coronel Emídio, do Corpo de Bombeiros, informou que 12 profissionais vão ser encaminhados para ajudarem no combate as queimadas que acabam aumentando nesse período do B R O-BRÓ.


“Iniciamos em julho, e no final de cada mês enviamos uma equipe para aquela região, para poder ajudar no combate as queimadas. Encaminhamos picapes equipadas com tanques de 200 litros de água, que podem chegar onde os caminhões de incêndio não conseguem, abafadores que jogam o fogo para área queimada, entre outros”, informou o coronel.

Ainda neste mês, 65 profissionais vão passar por um treinamento em Teresina com profissionais de Brasília.

“Será uma semana de treinamento, onde vamos ter um curso de combate ao incêndio com profissionais de Brasília, e de outros estados para fazer esse treinamento de nivelamento, mas se ocorrer alguma urgência no interior, mandamos esses profissionais para as ocorrências”, destacou.

Bárbara Rodrigues
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing