23/08/2022

Pai e filho são condenados por matar patrão com golpes de foice no Piauí

O júri foi realizado quinta (18) e sexta-feira(19), na comarca de Castelo do Piauí.

Imagem ilustrativa

Guilherme Cardoso de Freitas,e Francisco Kenardo Rosendo de Freitas, pai e filho acusados de assassinar Francisco Hélio, de 60 anos, com golpes de foice, foram condenados a 21 e 16 anos e seis meses, respectivamente, pelo crime de homicídio qualificado. Os dois acusados eram trabalhadores da propriedade da vítima.

O júri foi realizado durante a quinta (18) e sexta-feira (19), na comarca do município de Castelo do Piauí. O réu Francisco Kernardo Rosendo de Freitas ainda foi condenado por tentativa de feminicídio de S. M. de P. C. Somadas as condenações, as penas chegam a 23 anos e seis meses de reclusão.

O crime ocorreu em 29 de agosto de 2020, na localidade Sítio de Cima, na cidade de Buriti dos Montes, na residência da própria vítima a 21 anos 16 anos e seis meses de reclusão.

A vítima foi assassinada com golpes de foice, em sua própria residência, na localidade Sítio de Cima, a aproximadamente 18 km da sede do município de Buriti dos Montes. De acordo com a Polícia na época, ocorreu uma discussão entre eles após o patrão exigir que o caseiro desocupasse as terras. Em seguida, se deu início às agressões. Após ter matado seu patrão, os acusados fugiram do local. A esposa de Chico Hélio também foi vítima das agressões e precisou ser socorrida com urgência. Ela foi levada às pressas para o hospital de Crateús (CE) em estado grave.

Segundo populares, o acusado Guilherme e seu patrão vinham passando por constantes conflitos há alguns dias. O proprietário da residência queria que seu caseiro Guilherme deixasse a propriedade, mas ainda não se sabe se realmente esse teria sido isso o motivo do crime.

Fonte: Portal Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing