20/08/2022

Desembargador critica Alexandre de Moraes e anuncia aposentadoria

"Há muito tempo não estou feliz com o Supremo Tribunal Federal", disse Sebastião Coelho da Silva.

Sebastião Coelho da Silva anunciou sua aposentadoria alegando descontentamento com o STF e com o discurso de Alexandre de Moraes na posse como presidente do TSE| Foto: TJDFT

O vice-presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF), Sebastião Coelho da Silva, anunciou a aposentadoria na sessão de julgamentos da última sexta-feira, 19, e atribuiu sua saída do cargo a uma reação ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao discurso do ministro Alexandre de Moraes na posse como presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“Eu estou comunicando a minha aposentadoria. Vão me perguntar: ‘Por que você vai se aposentar, Sebastião Coelho da Silva’? E eu respondo: senhor presidente, colegas, eu há muito tempo, e eu não posso falar outra palavra, preciso tomar cuidado com elas, há muito tempo não estou feliz com o Supremo Tribunal Federal. Então, quem não está feliz no órgão, não pode continuar”, disse.

O desembargador contou que esteve na cerimônia de posse de Alexandre de Moraes e esperava que o ministro “aproveitasse a presença” dos ex-presidentes da República, dos principais candidatos e do presidente Jair Bolsonaro (PL) “para fazer um conclamação de paz para a nação” e não uma “declaração de guerra ao País”.

“O que eu vi, ao meu sentir, o eminente ministro Alexandre de Moraes fez uma declaração de guerra ao país. O seu discurso é um discurso que inflama, é um discurso que não agrega, e eu não quero participar disso”, criticou.

O desembargador afirmou que, enquanto aguarda a aposentadoria, vai cumprir as leis, mas não “discurso de ministro, seja ele em posse, seja em Twitter, seja ele em redes sociais”. “O magistrado tem que ter sobriedade. Quando o magistrado fala fora do processo, ele causa desagregação”, criticou.

Aplaudido diversas vezes pelas autoridades presentes em sua cerimônia de posse, na última terça-feira, 16, o ministro Alexandre de Moraes fez um discurso contundente em defesa do sistema eleitoral e da democracia.

Via GP1
Fonte: Estadão Conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing