09/08/2022

Babá que levou tiro em briga de cunhados morre no HUT após 9 dias internada


A babá Juliana da Silva, 36 anos, morreu na tarde desta segunda-feira (8) após nove dias internada no Hospital de Urgência de Teresina (HUT). A informação foi confirmada, às 15h30, pela assessoria do hospital.

No dia 30 de julho, Juliana levou um tiro na cabeça durante discussão entre os cunhados Felipe Holanda e Daniel Flauberth Gomes Nunes, 38 anos, no bairro São Pedro, zona Sul de Teresina. A Polícia investiga se os cunhados morreram após uma discussão familiar motivada pela irritação de um deles pelo choro de uma criança.

Juliana da Silva estava na área de lazer, brincando com uma criança quando levou um tiro na cabeça.

O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que já iniciou a coleta de depoimentos e análise de provas

A mãe de Felipe Holanda, Dirce Holanda, uma das três vítimas da discussão familiar, lamentou o falecimento da funcionária doméstica, que também possuía grau de parentesco com a esposa do filho.

“A Juliana foi tirar, tentar intervir para que não houvesse um envolvimento maior. Ela foi ajudar a retirar no momento da confusão. A Juliana além de amiga e minha secretária, ela era cunhada da esposa do meu filho”, disse.

Doação de órgãos
Após a confirmação da morte da empregada doméstica, a família decidiu realizar o desejo da vítima de ter os seus órgãos doados. O procedimento está sendo realizado no Hospital Getúlio Vargas (HGV).

A documentação autorizando a doação dos órgãos foi assinada pela mãe de Juliana, Maria Liduina Félix, que lamentou a perda da filha, que deixa marido e duas filhas, uma de três e outra de dez anos de idade.

“Ela andou aqui em casa e disse que no dia que fosse, queria que eu doasse os órgãos. Eu doei. Ela salvou cinco pessoas. É um gesto de conforto. Ela era uma pessoa de ouro. Estávamos esperando que ela voltasse viva, tínhamos ainda a esperança de que ela fosse viver. Ela tem duas filhas, uma de três anos e outra de dez. O marido dela ficou muito desesperado. Agora está nas mãos de Deus”, disse Maria Liduina.



Flash Yala Sena e Breno Moreno
yalasena@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing