08/07/2022

Preso suspeito de matar e enterrar mulher encontrada com os pés amarrados e saco na cabeça, no Piauí

Segundo o delegado Genival Vilela, do DHPP, Fagner Vale de Carvalho era procurado pela polícia desde 2020. Contra ele existia três mandados de prisão em aberto.

Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Teresina — Foto: Ilanna Serena/g1

Um homem identificado como Fagner Vale de Carvalho, de 27 anos, foi preso nesta quinta-feira (7) suspeito de matar e enterrar Conceição de Maria Lopes da Silva, 39 anos. A prisão ocorreu na Vila Apolônia, região do São Joaquim, Zona Norte de Teresina.

Segundo o delegado Genival Vilela, do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), Fagner era procurado pela polícia desde 2020. Contra ele existia três mandados de prisão em aberto.

"São dois mandados por homicídios e um por tráfico de drogas, investigado pelo Greco [Grupo de Repressão ao Crime Organizado]. Nós já tínhamos tentado prender ele várias vezes, só que sempre o Fagner conseguia escapar", revelou.

Para a prisão do suspeito, o DHPP contou com várias equipes que fizeram um cerco e impediu que Fagner fugisse. Após a prisão, o suspeito foi encaminhado para o Instituto Médico Legal e depois para a Central de Flagrantes.

"Amanhã ele será submetido a audiência de custódia e possivelmente será encaminhado para o sistema prisional", acrescentou o delegado.

Mandados por homicídio
Ao g1, o delegado Genival Vilela explicou que um mandados corresponde ao homicídio ocorrido no dia 5 de julho de 2021. Fagner é apontado como principal suspeito das mortes de Ismael e Thiago França em um bar, no bairro São Joaquim.

Já o segundo homicídio em que Fagner teria participação ocorreu no ano de 2020 e vitimou Caio Gabriel. O suspeito preso também foi ouvido em outros dois casos, entre eles da morte de Conceição de Maria, que ainda não se sabe a motivação.

Jovem encontrada em cova
Bombeiros escavam terreno onde corpo foi enterrado em Teresina — Foto: Vivianna Cruz/TV Clube

O corpo de Conceição de Maria Lopes da Silva foi encontrado no dia 25 de junho em uma cova, com os pés amarrados e um saco na cabeça, em um terreno no bairro São Joaquim. O laudo do Instituto Médico Legal apontou como causa da morte asfixia e soterramento.

A mãe da vítima, Francineide Lopes, estava presente no dia em que o corpo foi encontrado. Ela contou que a filha estava desaparecida desde o dia 16 de junho e seria usuária de drogas.

Fonte: Portal G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing