14/06/2022

Prejuízos com cartão por aproximação crescem, no Piauí; delegado dá dicas de segurança

Raspagem do código de segurança e cancelamento imediato de cartões perdidos ou roubados são as principais dicas da polícia.

Planejamento e organização são essenciais para o bom uso do cartão de crédito. — Foto: Shutterstock

Aumentam em Teresina os golpes usando cartões de crédito e débito por aproximação, segundo o delegado Anchieta Nery, titular da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática. Diante da situação, ele deu dicas de segurança para evitar maiores prejuízos após roubos ou furtos de cartões de crédito.

Segundo o delegado, em Teresina os casos têm aumentado desde 2021, quando a vítima além de perder carro, moto ou bolsas e carteiras, ainda tem prejuízos com o cartão de crédito.

Cuidados com cartões são fundamentais para evitar prejuízos — Foto: Rupixen.com/Unsplash/Reprodução

“O que você tem que ter em mente: recebeu um cartão do banco, você é responsável pessoalmente por esse ativo. Então você tem que saber se você for roubado, furtado, extraviado ou perder esse cartão, a sua primeira providência é ligar para o banco para o imediato cancelamento”, explicou o delegado.

O delegado destacou que, mesmo que a vítima não mantenha a senha junto com o cartão, é necessário o cancelamento, uma vez que se o objeto oferecer serviço por meio de aproximação, compras podem ser realizadas sem a necessidade da senha.

“Se ele for um cartão que passa por aproximação, o criminoso que obtiver esse cartão vai conseguir passar várias compras ali até que você cancele, porque muitas compras de baixo valor eu consigo passar por aproximação sem senha”, informou o delegado.

Raspagem do código de segurança
Outra dica do delegado Anchieta Nery é a raspagem do código de segurança, que são os três números na parte de trás do cartão. Esse código valida compras realizadas de forma online. Em compras realizadas nessa modalidade, o usuário insere apenas os dados do cartão, CPF do titular e o código de segurança.

“Ele é como um validador de transação. Quando você recebe o cartão novo, a tua obrigação é raspar esse código do verso do cartão e anotar num local diverso, porque você não pode esquecer dele. Porque se alguém obtiver esse teu cartão num furto ou num roubo, vai conseguir fazer compras online mesmo sem senha. Então não deixe o código gravado no seu cartão”, disse Anchieta.

Ele falou ainda sobre a criação de cartões virtuais para usuários que têm o hábito de realizar compras online.

“Crie cartões virtuais no aplicativo do seu banco para fazer essas compras, porque se houver um vazamento de dados desse cartão, você não vai ter um problema maior. Não vai ter que solicitar um novo cartão pra agência bancária, então é algo mais simples. Crie o hábito de criar cartões virtuais para as compras que você realiza online”.

Clonagem de números de aplicativos de mensagem
Golpe de clonagem de WhatsApp — Foto: Reprodução/TV Bahia

Anchieta ainda fez um alerta para os golpes realizados após a clonagem de números de celular que são usados em aplicativos de mensagens. Segundo ele, 90% dos golpes seriam evitados se os usuários desconfiassem das ações quando criminosos entram em contato após a clonagem de um contato.

“90% dos golpes online as pessoas poderiam evitar se elas tivessem o 'pé atrás', se não acreditassem no preço que tá muito abaixo do mercado, numa oferta que é muito boa. Bote na sua cabeça não foi só sua mãe que fez filho esperto, então se você internalizar isso, você evita uma série de problemas” finalizou o delegado.

Fonte: Portal G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing