01/05/2022

Vice-campeão Piauiense, técnico e diretoria do Parnahyba criticam arbitragem

Fotos: Renato Andrade/Cidadeverde.com

Após a partida que terminou com vitória do Parnahyba, mas com o título para o Fluminense ficou o sentido de orgulho por parte dos comandados do técnico Pedro Manta que saíram de equipe candidata ao rebaixamento para finalistas, mas também muita reclamação em especial para a arbitragem de Antônio Dib de Moraes. O torcedor Azulino mais uma vez fez uma grande festa no estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina.

O Tubarão venceu o jogo de volta por 1 a 0, com gol de Isac, que terminou a competição como vice-artilheiro com nove gols marcados. Porem na entrevista pós jogo a maior reclamação não girou apenas em torno de não ter ficado com o título, mas dos erros de arbitragem.

“Do zero saímos para uma final e como saímos na final. Não vou tirar o mérito do Fluminense que é uma grande equipe, de orçamento, planejamento. A diferença foi jogo lá (em Parnaíba), um gol anulado de forma ridícula. Paciência, é manter a cabeça erguida, pois fizemos o nosso melhor e infelizmente o Dib conduziu o jogo o tempo todo. Eu acho que a federação precisa mudar, evoluir. Treinador se prepara, jogador se prepara, mas essa federação está desse jeito a muito tempo. Evoluir. Colocar pessoas capacitadas para fazer”, disse Pedro Manta.


O Parnahyba viveu uma virada de chave com a chegada do professor Pedro Manta. Após a goleada sofrida por 5 a 0 diante o 4 de Julho. Sua chegada conduziu primeiramente o time até as semifinais desbancando o River com apoio em massa do seu torcedor. Nas semifinais, eliminou o forte Altos. Vitória dentro de casa por 3 a 0 e derrota no jogo de volta por 2 a 0, mas mesmo assim chegou na final sendo a grande surpresa do Estadual 2022.

“O grupo saiu do zero até esse final. Vencemos os três grandes da capital com méritos, com qualidade e principalmente com garra desse grupo. Esse grupo é resiliente, pois passamos por vários problemas, claro que um pouco chateados, pois quem não quer ser campeão, mas ao mesmo tempo sabedor que o Fluminense tem uma grande equipe”, frisou Pedro Manta.

Depois de muitos anos o Tubarão está garantido no cenário nacional em 2023. O time terá Série D do Brasileiro, Copa do Brasil e Pré-Copa do Nordeste para o próximo ano após quase cinco anos disputando apenas o Estadual.

Pamella Maranhão
Redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing