27/05/2022

Homem é preso tentando transferir cerca de R$ 4 milhões do FGTS com documentos falsos em Teresina

Além do suspeito, duas mulheres também foram presas pela Polícia Federal usando documentos faltos para tentar sacar R$ 30 mil em empréstimos consignados. As prisões aconteceram em agências da Caixa Econômica Federal na capital.

Superintendência Regional da Polícia Federal no Piauí, em Teresina — Foto: Reprodução/TV Clube

Um homem e duas mulheres foram presos em flagrante, na quinta-feira (26), quando tentavam sacar dinheiro com documentos falsos em duas agências da Caixa Econômica Federal em Teresina. As prisões foram feitas pela Polícia Federal (PF) no Piauí e aconteceram em situações diferentes. A polícia não informou ligação entre os casos.

De acordo com a PF, no caso do homem, ele foi preso quando se apresentou a um funcionário da agência do Bairro Dirceu Arcoverde, Zona Sudeste da capital, com documentos falsos, com o intuito de transferir cerca de R$ 4 milhões do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço – FGTS.

As outras prisões aconteceram na agência do Bairro Primavera, Zona Norte de Teresina. Segundo a polícia, duas mulheres estavam tentando sacar em torno de R$ 30mil em empréstimos consignados se passando por servidoras do Estado com o uso de documentos falsos.

As duas suspeitas foram conduzidas para a sede da Polícia Federal e, depois, transferidas para a Penitenciária Feminina de Teresina. O suspeito continua sob custódia na sede da PF, onde aguarda realização de audiência de custódia.

A Polícia Federal informou que os presos foram indiciados pelos crimes do art. 171 e art. 304 do Código Penal Brasileiro e que as prisões são resultado de uma parceria e trabalho contínuo da instituição policial com a Caixa Econômica no objetivo de reprimir fraudes.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing