19/04/2022

Vídeos: Gatos são vítimas de maus-tratos, no Piauí

Os casos foram registrados por pessoas que assistiam os atos em pontos públicos do município na última sexta-feira (15) e no sábado (17).

Reprodução

No Abril Laranja, mês de prevenção contra a crueldade animal, gatos são vítimas de atrocidades no Piauí. Vídeos que circulam na internet mostram agressões praticadas por um grupo de pessoas a dois gatos em Caldeirão Grande do Piauí, distante a 436 km da capital Teresina. Os casos foram registrados por pessoas que assistiam os atos em pontos públicos do município na última sexta-feira (15) e no sábado (16). A Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) vai investigar as ocorrências.

Em um dos vídeos, uma mulher quebra um pote de barro com um pedaço de madeira e um gato preto sai correndo, sendo perseguido por dezenas de pessoas. O perfil pernambucano S.O.S Cães de Rua compartilhou o caso e explicou que além de ter sido preso no pote, a população também amarrou dinheiro no pescoço do animal. Segundo a página, um gato chegou a morrer.


Em outro vídeo, uma mulher quebra violentamente o pote e comemora depois que o animal sai correndo no meio de uma multidão. A ação é uma tradição de Semana Santa na cidade.

A ativista e vereadora Thanandra Sarapatinhas também divulgou o caso em suas redes sociais. Ela pediu ação do poder público. "É uma situação que precisa ser investigada pela polícia, apurada pelo Ministério Público e veementemente proibida pela prefeitura do município. Quem patrocina este tipo de tortura? Quem tem coragem de participar deste tipo de coisa? Por que essa naturalização dos maus-tratos continua acontecendo?", escreveu a vereadora.

Segundo o delegado Emir Maia, da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), será instaurado um inquérito para investigação e identificação dos participantes do ato.

Em nota, a prefeitura de Caldeirão Grande do Piauí lamentou o ocorrido e informou que a ação, conhecida como "Quebra Pote", é realizada há décadas na cidade durante o período da Semana Santa. A gestão do prefeito Filipe Gonçalves (PSD) comunicou que realizará ações de conscientização para inibir práticas de maus-tratos contra os animais. Confira a nota completa:

Devido ao lamentável episódio ocorrido na última sexta-feira (15), situação que envolve um animal, especificamente um gato, ação denominada popularmente como "Quebra Pote" realizada há décadas na cidade de Caldeirão Grande do Piauí-PI, a Prefeitura Municipal de Caldeirão Grande do Piauí, representada pelo Prefeito Municipal Filipe Gonçalves, lamenta profundamente o ocorrido, e esclarece que, tal prática é realizada pela própria comunidade, não tendo nenhum tipo incentivo do poder público municipal.


Acrescenta que o Poder Público Municipal estará empenhado em mudar essa realidade através de ações de conscientização, e como primeira medida iniciará uma política educativa a ser realizada por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, pois acreditamos que a educação transforma e cria uma mente cidadã. Por fim, afirma que irá cooperar com os órgãos e autoridades competentes neste caso.

Abril Laranja
Abril Laranja é o nome que se dá a esse período em que se busca a conscientização das pessoas sobre maus tratos praticados contra os animais — sejam eles domésticos ou selvagens, grandes ou pequenos. No Brasil, os maus tratos contra os animais é crime previsto em lei.

A pena pode chegar a até cinco anos de prisão, pagamento de multa, e inclusão do nome do infrator no registro de antecedentes criminais. Quem comete crueldade contra os animais pode ser preso em flagrante pela autoridade policial.Para denunciar casos do tipo, basta comparecer a qualquer delegacia de polícia com pelo menos uma prova — que podem ser vídeos e fotos feitos com o aparelho celular.

Fonte: Portal Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing